quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Paralisia do Sono: Alucinações

É chamado de paralisia do sono: muitas pessoas têm sofrido com esta condição. Elas são alucinações que ocorrem na fase REM do sono. As alucinações abrangem todos os cinco sentidos, fazendo com que qualquer sonho que você esteja tendo, sem dúvida, pareça assustadoramente realista.

Há muito pouco que você possa fazer neste estágio do sono, já que você está completamente paralisado. Você apenas tem que deixar essa sensação passar, mas isso nem sempre é tão fácil quanto parece.

Você está deitado ali, incapaz de mover sua cabeça, você não sabe se está acordado ou não. Completamente parado e em silencio você consegue ouvir seu coração bater mais rápido.  É como um rangimento e com a respiração ofegante; uma combinação que você nem sabia que existia. Sob a respiração você consegue ouvir uma risada como se alguém estivesse tentando esconder uma risadinha.

O quarto está quase um breu, a lua lança sombras estranhas nas paredes. Enquanto você as observa dançarem ao luar, sua cabeça tonta começa a doer. Besouros pretos brilhantes estão agora no lugar das sombras. Eles estão correndo em todas as paredes, o som de seus pequenos corpos batendo um no outro quase abafa o chiado. Estão por todo seu corpo, arrastando sobre sua pele, ondulando por dentro...

Você tenta gritar, mas não consegue já que eles estão bloqueando as vias aéreas. O terror é uma palavra muito fraca para descrever como você está se sentindo agora.

Esforçando-se para se mexer você esquece da respiração ofegante, mas não dura por muito tempo. O guarda-roupa começa a abrir lentamente. Uma mão grande e preta com longos dedos e garras envolve-se em torno da porta enquanto um cheiro nauseante de sangue podre  enche seu nariz. Você para de lutar, você está petrificado, com medo de se mexer e a criatura lhe ver. Mas é tarde demais. Uma grande cabeça preta se estende por trás da porta de madeira. Suas antenas se mexendo nas redondas, olhos amarelos brilhantes. Cabeça inclinada como se o pescoço fosse quebrado. Seria algo mais inofensivo se não fosse pela sua enorme boca, rachada, aparentemente presa em um sorriso permanente. Parecia cruel, perverso e mal.

Seus olhos estão colados na criatura, seu coração está batendo incrivelmente rápido. Ele lentamente se aproxima de você com aqueles olhos brilhantes fixos aos seus, friamente igualados ao seu olhar. Você não consegue parar de olhar. É hipnotizante. Movimentando-se torcidamente e agitadamente como se ele tivesse vários ossos quebrados juntos uns aos outros, os seus pequenos movimentos, adicionam mais medo. É enorme; parece grande demais para estar  no quarto, mas ele deve ter cerca de 6 metros de altura. Membros magros que se movimentam para os lados fazendo barulhos estranhos. Ele chega na sua cama e, finalmente, se abaixa, surpreendentemente seus movimentos são suaves comparados aos anteriores. Os besouros ainda estão rastejando sob sua pele, você pode senti-los nadando em suas veias, saindo da sua boca fazendo com que se sinta sufocado.

Você se sente tonto e doente.

Você deve estar dormindo, mas tudo parece ser tão real. O cheiro de sangue encharca o ar, enquanto luta para inalar ar enquanto a criatura respira em sua face. Ela sorri, como se acabasse de encontrar algo que estava procurando, lambendo os dentes com aquele sorriso que não tinha lábios ou definição de onde é o inicio da boca e o fim. Sua língua também é preta, brilhante e gosmenta, uma baba escarlate em você presumi ser a fonte da cheiro horrível. As garras chegam mais perto do seu rosto, quando ela toca levemente seu rosto você sente dores intensas em todo o seu corpo. Você apaga.

O sol está brilhando em seu quarto enquanto você abre os olhos. Você chega à conclusão de que era tum pesadelo. É claro que você teve, não existe coisas como monstros. Você se senta coberto de suor e respira tranquilamente. Você olha para o seu guarda-roupa e seu coração começa á bater rápido.

Quem abriu o guarda-roupa...?



Traduzido do site: Creepypasta Wikia

Esse post foi devido a um pedido sobre relatos de paralisia do sono eu n encontrei nenhum relato bom,  por isso postei este conto. Espero que tenham gostado!
Olá! Eu sou um mendigo de comentários, por favor comente! Nós do MS precisamos muito da vossa opnião! Façam um mendigo feliz! Deixe sua opnião ou meto bala em tudin.

Minha agenda de posts no MS
Segunda: Possíveis contos e creepys
Terça: Nada
Quarta ou Quinta: SCPs
Sexta: Nada
Sábado e Domingo: Algo relacionado as crenças ( Sim, eu vou melhorar os posts da Goétia que tenho consciência que estão um fuleco ) 

O Que Você Vai Comer?


Estados Unidos, Colorado, Fevereiro de 1999.

Duas crianças voltavam para casa quando uma mulher bem vestida se aproximou e perguntou: Qual o nome de vocês?

As crianças responderam: Não podemos falar com estranhos.

Elas seguiram o caminho de volta para casa, mas sem que percebessem a mulher os seguiu.

Chegando no meio de caminho uma das crianças tropeçou em um galho e acabou se machucando.

A mulher apareceu e ofereceu ajuda: Oi crianças, não se assustem, eu posso ajudar, tenho uma pequena casa no bosque e lá tem curativo.

As crianças inocentemente aceitaram e entraram no bosque.

Chegando lá havia uma casa velha, praticamente caindo aos pedaços, eles acharam estranho, mas resolveram entrar.

Dentro da casa havia vários retratos de crianças nas paredes.

Ela fez o curativo na criança e ofereceu um lanche, eles aceitaram e perguntaram: Você não vai comer também?

A mulher deu um leve sorriso e respondeu: Sim, mas somente depois que vocês terminarem.

Após terminarem o lanche as crianças agradeceram e disseram que precisavam ir, mas antes de chegarem até a porta a mulher parou bem na frente deles e perguntou: Vocês não vão esperar eu comer o meu lanche?

As crianças ficaram confusas e perguntaram: O que você vai comer?

A mulher mais uma vez sorrio e respondeu: Vocês.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

SCP-616 "O recipiente do portal"

Item #: SCP-616

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos de contenção especiais: SCP-616 é para ser mantido no Site [REDIGIDO]. Enquanto estiver pousado, agentes da manutenção, de nível 2 (dois) ou acima são autorizados a entrar no ofício, e devem realizar inspeções completas para determinar se SCP-616 está pronto para o voo. No entanto, os agentes de reparação devem manter uma distância de pelo menos 3 (três) metros do SCP-616-1. Em dias de voos, apenas ministros da fé de Abraão com a depuração de nível quatro ou superior de segurança podem entrar no avião, e devem permanecer, pelo menos, 0,94 m a partir do limiar do SCP-616-1 todas as vezes, enquanto SCP-616 permanece no chão.

SCP-616-1 deve ser mantido aberto a todo custo quando ativado. Isto requer um voo tripulado mensal. Caso falhe em manter o SCP-616-1 fechado, vai exigir a iniciação do Procedimento 600-Shoki.

Boeing-737-200.jpg
SCP-616, antes do acidente de ██/██/███
A cada voo 7 (sete) arcebispos, da fé de Abraão, devem cercar o SCP-616-1. Uma oração dirigida ao SCP-616-1 deve ser sustentada durante todo o voo, que geralmente dura de 3 (três) a 7 (sete) horas. A oração deve ser mantida por todos os indivíduos, SCP-616-1 uma vez ativado, as restrições de distância previamente estabelecidas não se aplicam; os sujeitos são de fato encorajados a tentar parar fisicamente o SCP-616-1 de se fechar, embora extremo cuidado deva ser tomado para prevenir a queda dos sujeitos na limiar, isso comumente vai resultar em [DATA EXPURGADO]. Além disso, um agente da Fundação especializado em voar em aviões comerciais deve pilotar o SCP-616 por meio de uma trajetória de voo pré-concebida, e deve ser capaz de manter o contato de rádio e informar sobre os eventos no SCP-616. Sob nenhuma circunstância o piloto deve se aproximar do SCP-616-1, uma vez que o voo tenha se iniciado. Todos os sujeitos devem ser fornecidos com qualquer parafernália religiosa que peçam antes do voo. Nenhum estranho deve estar presente durante o voo, por qualquer motivo, uma vez que provavelmente vai ser morto pela ativação do SCP-616, e fornecer cadáveres para reanimação ou [DATA EXPURGADO].

O papa católico romano (ou uma figura religiosa abraâmica similar) deve abençoar a aeronave, de acordo com a cerimônia religiosa adequada, uma vez por ano. O papa deve comunicar à Fundação e chegar fisicamente no local da contenção pelo menos três dias antes. A falha pode resultar na abertura da porta, resultando em [DATA EXPURGADO]. Em caso improvável de que um funcionário perca a cerimônia, um substituo de mesmo Rank deve estar disponível.

Além disso, dois ███ dispositivos nucleares com um rendimento de ██ megatons devem estar armados dentro da aeronave em todos os momentos. No caso de um cenário de XK-Fim-do-mundo, ou se a porta se fechar durante o voo, resultando em [DATA EXPURGADO], [DATA EXPURGADO], seres hostis em grande número, esses dispositivos devem ser ativados caso o Procedimento 600-Shoki falhar.

Descrição: SCP-616 é um protótipo Boeing ███-███, projetado pela █████ █████████ e construído em 16/06/1966. Embora superficialmente semelhante ao Boeing 737, que entrou em serviço logo em seguida, o modelo do SCP-616 teve várias alterações internas, incluindo [DATA EXPURGADO]. Apesar das várias alterações, a característica mais importante do SCP-616 é a porta de emergência no centro á esquerdo, que foi apelidada de SCP-616-1. SCP-616-1 é uma porta de emergência padrão, embora parcialmente coberta de marcas extensas associadas a cultos satânicos que aderiram ao [REDIGIDO]. SCP-616-1 pode ser aberto sem qualquer maior acidente de pouso, e conduz para o exterior da aeronave como esperado. No entanto, isso não é recomendado já que praticamente todos os funcionários que abriram e passaram pela porta relataram problemas de ansiedade severa e uma sensação constante de estar sendo observado.

Observação a longo prazo ou exposição ao SCP-616 não é recomendado. A observação com algum tipo de dispositivo eletrônico é satisfatório enquanto SCP-616 está no chão, embora algumas anomalias visuais foram registradas, incluindo [DATA EXPURGADO]. É aconselhável que os agentes que possuam alta tolerância a imagens perturbadoras devam ser atribuídos esse dever de observação, e não devem trabalhar três dias consecutivos. Todos os agentes envolvidos na reparação, observação, operação ou voo do SCP-616 devem se submeter a avaliações psicológicas após cada período de exposição.

SCP-616-1 vai abrir automaticamente uma vez a cada 30 (trinta) dias, e começar a se fechar. Este evento pode ser considerado como a ativação do SCP-616-1. A velocidade à qual SCP-616-1 fecha é dependente da altura do SCP-616, velocidade, e [DADOS EXPURGADOS]. Deve ser programado para que SCP-616-1 se abra em pleno voo, em uma altitude de cerca de 10.972 metros e uma velocidade de cerca de 780 km / h. O fracasso do tempo programado deste evento é catastrófico, já que caso SCP-616-1 se feche totalmente enquanto o avião estiver no chão pode afetar todas as formas de vida dentro de um raio desconhecido, fazendo com que centenas de [DATA EXPURGADO], constituindo uma grande ameaça para os centros populacionais, e exigindo o uso imediato do Processo 600-Shoki.

Uma vez que SCP-616-1 se abra espontaneamente, a pressão da cabine vai desestabilizar como esperado, e uma extrema "turbulência" irá acontecer. Em vários pontos durante o voo, todos os atuais funcionários podem sentir como se o SCP-616 estivesse caindo rapidamente, embora ele tenha sido verificado e permanece em condições adequadas ​​durante todo o tempo, inclusive durante o tempo destes eventos. Abertura do SCP-616-1 pode causar certos indivíduos a sofrer ataques cardíacos fatais ou [DATA EXPURGADO].
Cadáveres com a laringe sem danos presentes no SCP-616 são reanimados quando SCP-616-1 é ativado. Os cadáveres permanecem praticamente imóveis, e, como tal, não representam uma ameaça física, mas são capazes de falar. Estes cadáveres falantes devem ser encerrados o mais rápido possível, já que suas falas causam perigos psicológicos, bem como permitir o fechamento do SCP-616-1 via [DATA EXPURGADO]. A língua falada por estes cadáveres reanimados permanece não identificado.

Adendo 616-01: A airlines nunca entrou em serviço, já que os efeitos anômalos do SCP-616 foram considerados como falhas do projeto. Todos os aviões foram apreendidos pela Fundação. Acredita-se agora que os designs █████ █████████ foram inteiramente intencionais. Documentos recuperados do processo de construção descrevem [DATA EXPURGADO].

SCP-616.jpg
Imagem da filmagem do SCP-616-1
Adendo 616-02: Em █ / █ / ████, um controle vagabundo obteve imagens de dentro do SCP-616-1. Todos os agentes que viram essas imagens cometeram suicídio dentro em um período de dois meses.  Uma fita de vídeo com a gravação de segurança não ocasionou qualquer morte, apesar de conter sons e cores. É exibido um vídeo de uma criança pequena sendo violentamente [DATA EXPURGADO] dentro de um quarto vermelho escuro. Todas as outras tentativas para observar além do "horizonte de eventos" tiveram resultados semelhantes, e essas expedições não são mais permitidas.



terça-feira, 21 de outubro de 2014

A Flor

(São Paulo)

Tudo estava calmo, a rua estava deserta e estava meio escuro.

Um casal de namorados voltava pra casa quando uma menina gritou no fim da rua.

Eles decidiram correr pra ajudar, mas chegando lá ela havia sumido e tudo o que tinha no local era uma rosa branca.

Clara. – Amor, vamos pra casa eu estou com medo.
Marcos. – Vamos, eu também estou com medo.

Sem que clara percebesse ele pega a rosa do chão e esconde na sacola.

Chegando em casa Clara vai até o banheiro tomar um banho e Marcos fica no quarto olhando fixamente para a rosa.

Depois de alguns minutos Clara saí do banheiro e entra no quarto.

Marcos. – Clara, eu tenho uma surpresa pra você.
Clara. – O que é? Você sabe que eu não gosto de surpresas.

Marcos esconde atrás dele a rosa e em seguida entrega para Clara que fica surpresa e ao mesmo tempo assustada.

Clara. – Eu não acredito que você trouxe isso pra dentro de casa!
Marcos. – Relaxa amor, é só uma rosa. Que mal poderia fazer?
Clara. – Tudo bem, coloca ela num vaso com água e vamos dormir.

No dia seguinte eles resolvem fazer um passeio na estrada, o caminho é meio esburacado e eles tem um pouco de dificuldade.

Clara. – Marcos eu acho melhor a gente voltar, a estrada está muito perigosa.

Marcos decide voltar, ele dá o retorno, acelera e em seguida olha pelo retrovisor interno.

Ao olhar ele vê a menina que segurava a rosa na noite passada.

Assustado ele perde a direção e eles sofrem um grave acidente.

Quando a ambulância chegou até o local, o casal estava morto, os corpos completamente cheios de ferimentos.

Mas o mais curioso é que eles estavam de mãos dadas segurando uma rosa branca que estava intacta.

Algumas pessoas dizem que no aniversário de morte do casal, uma menina de aproximadamente 12 anos deixa uma rosa branca em cima do túmulo do casal.

(Comente)  

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

As piores doenças

Atenção! Esse post pode conter imagens desagradáveis para algumas pessoas. Recomenda-se cautela

10-Sindrome de Moebius

Síndrome de Moebius é um distúrbio neurológico extremamente raro. Decorre do desenvolvimento anormal dos nervos cranianos, possui como principal característica a perda total ou parcial dos movimentos dos músculos da face, responsáveis pelas expressões e motricidade ocular.

Não há ainda uma explicação científica para a ocorrência da síndromes, que pode estar associada a diferentes fatores. Porém há fortes indícios de que seu surgimento esteja relacionado ao Misoprostol, medicamento conhecido como Citotec, usado para tratamento de úlcera gástrica, porém vendido clandestinamente para uso em tentativas de aborto.

As manifestações clínicas mais frequentes são:
Falta de expressão facial (face em máscara);
Estrabismo convergente;
Ausência de movimentação ocular lateral e de piscar;
Fraqueza muscular na região superior do corpo;
Hipoplasia mandibular e maxila;
Sialorreia;
Entre outros sintomas.

domingo, 19 de outubro de 2014

Demônios de Goétia #3



Gusion
Gusion2.JPG
Selo de Gusion
O décimo primeiro espírito em ordem é um grande e forte duque, chamado GusionGusoin ou Gusayn. Aparece como um Xenopilus (Cyaenophallus). Mostra todas as coisas, passadas, presentes, e futuras, e demonstra e responde quaisquer questões que o magista venha a formular. Ele concilia e reconcilia amizades, e honras e títulos. Governa sobre 40 legiões de espíritos.

Descrição:
Zodiaco:20-24 graus de Touro 10.-14. Mai. Tarot: 7 de Pentacles Planeta: Saturno Metal: Chumbo Elemento: Terra Cor da Vela: amarelo Planta: Aloe Rank: Duque
Sitri
O décimo segundo espírito é Sitri ou Bitru. É um príncipe e manifesta-se no início com asas de Grifo e cabeça de leopardo, mas após o comando do mestre e do Exorcismo ele toma forma humana, até mesmo agradável. Ele inflama homens e mulheres em amor; e os obriga a mostrarem-se despidos se assim for desejado. Ele comanda 60 legiões de espíritos.
Sitri2.JPG
Selo de Sitri
Descrição:
SYTRY aka SITRI AKA do Egito DEUS SET, Seth, Sethi, Senta, Sut, Sutekh.
Zodiaco: 25-29 graus de Touro Mai. 15.-20. Tarot: 7 de Pentacles Planeta: Saturno Cor da Vela: Vermelha Planta: Hyacinth Metal: Chumbo Elemento: Terra Rank: Príncipe

Beleth
O décimo terceiro espírito é chamado BelethBilethBilet ou Byleth. É um rei poderoso e terrível. Ele parece um cavalo pálido cercado de trombetas e outros tipos dos instrumentos musicais. Tem no principio uma aparência furiosa; para muda-lo deve-se tomar de um bastão de avelã em sua mão, golpeando para os quartos sul e leste, traçando um triângulo, sem o Circulo, e comanda-lo então o obrigando pelo laço e cargo de espíritos que daqui por diante o acompanharão. E se ele não adentrar no triângulo, pelas ameaças, nem pelo recitar das ligações e os encantos, então se deve rende-lo em obediência e obriga-lo a vir, através do que é dito no Exorcismo. Contudo deve recebê-lo gentilmente porque é um grande rei, e homenageá-lo, como se faz diante dos os reis e dos príncipes. E com um anel de prata no dedo médio da mão esquerda mantida de encontro ao seu rosto, como eles fazem diante de AMAYMON. Beleth causa todo tipo de amor que pode haver entre homens e mulheres. É da ordem das potências, e governa 85 legiões de espíritos.
Descrição:
Zodiaco: 0 - 4 graus de Gêmeos 21.-25. Maio. Tarot Card: 8 de Espadas Planeta: Mercúrio Metal: Mercúrio Elemento AR Cor da Vela: vermelho Planta: Endro Rank: Duque
Beleth2.JPG
Selo de Beleth
Beleth3.JPG
Selo de Beleth
Beleth é um Demônio do Dia e rege mais de 85 legiões de espíritos. Ela é da Ordem dos Poderes Beleth traz o espírito de amor entre homens e mulheres. Ela é um favorito de donzelas que aguardam uma proposta.





Leraie
O décimo quarto espírito é chamado LerajeLeraye ou Leraie. É um Marques de grande potência, mostrando-se qual um Arqueiro de manto verde, e carregando uma funda e uma aljava. Ele causa grandes batalhas e disputas; e traz a putrefação pelo ferimento que é feito com as setas por Arqueiros. Está sob os auspícios de Sagitário. Governa 30 legiões de espíritos.
Leraie2.JPG
Selo de Leraie
Leraie3.JPG
Selo de Leraie
Descrição:
Zodiaco: 5-9 graus de Gêmeos Mai. 26.-31. Tarot: 6 de Barras Planeta: Mercúrio Cor das Velas: vermelho Planta: Plantain Metal: Mercúrio Elemento: Ar Rank: Marquês.




Eligos
Eligos1.JPG
Eligos
Eligos2.JPG
Selo de Eligos
O décimo quinto espírito em ordem é EligosEligor ou Abigor, um grande duque, e se manifesta sob a forma de um cavaleiro gentil, carregando um lança, uma Insígnia, e uma serpente. Ele conhece coisas escondidas, e coisas que ainda não chegaram a acontecer; e sobre as guerras, e como os soldados se organizam. Ele causa o amor dos senhores e de pessoas de posição. Ele governa 60 legiões.
Descrição:
Zodiaco: 10-14 graus de Gêmeos 1.-5. Jun. Tarot: 9 de Espadas Cor das Velas: amarelo Planta: Tomilho Planeta: Venus Elemento: Ar Metal: Cobre Rank: Duke

Fonte: Ocultura
AVISO: Não tente chama-los sem os devidos requerimentos ritualísticos especificados no livro: "A clavícula de Salomão".

Obs: Não nos responsabilizamos caso você venda, troque ou negocie a sua alma ou de outra pessoa ou outra coisa parecida.

sábado, 18 de outubro de 2014

SCP-022 "O necrotério"

Item #: SCP-022

Classe do Objeto: Euclid

Procedimentos de contenção especiais: Um cadeado na porta foi instalado após incidente 022-827 com objetivo de trancar o SCP-022. É para permanecer bloqueado á todos os momentos, com a única exceção é o aparecimento de uma instância do SCP-022-1. A porta original para SCP-022 foi destruída durante Incidente 022-827, com tentativas de substituição fracassadas. Câmeras de segurança foram instaladas para monitorar as instâncias do SCP-022-1.

Caso uma instância do SCP-022-1 apareça, os sistemas automatizados devem incinerar-lo no momento em que tentar sair do SCP-022. Neste momento a porta deve destrancada e uma equipe deverá limpar os restos. Caso os sistemas automáticos não consigam destruir a instância do SCP-022-1, as equipes estão habilitadas para entrar e neutralizá-la. Sob nenhuma circunstância nenhum ser vivo deve entrar no SCP-022, exceto pela ordem Class-4 envolvendo agentes para testes. Agentes Classe-4 também podem solicitar que as instâncias do SCP-022-1 sejam capturadas e mantidas ; no entanto, elas não podem sair da zona de confinamento do SCP-022.

morgue.png
SCP-022 visto de uma câmera de segurança
Descrição: SCP-022 é um necrotério no porão do [REDIGIDO] Hospital na Grã-Bretanha. Até 198█, não foram relatadas ocorrências anômalas. Relatórios de atividades estranhas foram recebidas pela primeira vez em novembro de 198█. A área foi logo colocada em quarentena pela Fundação, com uma história afirmando que o prédio foi condenado. A razão para a manifestação súbita das suas propriedades estranhas permanecem sob investigação.

Periodicamente, uma gaveta aleatória dentro do necrotério vai abrir para revelar um cadáver sob um lençol coberto. Depois de aproximadamente seis minutos aberto, o cadáver vai reanimar e tentar deixar o necrotério. Neste ponto, o cadáver é designado como SCP-022-1. Em alguns casos, o cadáver por ser muito danificado ou decomposto não consegue sair do SCP-022, ou até mesmo se levantar da tabela em que se encontra. Neste caso, o SCP-022-1 normalmente luta e se contrai na tabela até que o tempo acabe. Nesse caso o SCP-022-1 enquanto permanece na tabela, a tabela desliza para dentro da gaveta, o qual, em seguida, se fecha. Os relatórios indicam que o cheiro de carne queimando é sentido após esse evento.

A fonte de energia que sustenta as instância dos SCP-022-1 é atualmente desconhecida. As instâncias não respiram, comem ou dormem, e seus corpos não produzem calor. Análises dos SCP-022-1 após a expiração do tempo revelam nenhum órgão anormais ou substâncias químicas presentes; eles parecem ser completamente cadáveres humanos

Instâncias também possuem força física que excede a dos seres humanos normais. Embora testes diretos provaram ser problemáticos, os pesquisadores estimam que o aumento da força é de aproximadamente 500 N (112 libras) maior do que o esperado em seres humanos normais. Análises estão curso para determinar se este efeito está ligado à fonte de energia desconhecida, ou se é um fenômeno completamente separado.

Quando partes do corpo são cortadas do SCP-022-1, a parte com a maior massa mantém os seus efeitos; todas as outras peças se tornam inertes. Destruição da cabeça ou do cérebro não neutralizam os SCP-022-1; em vez disso, o tronco e os membros inferiores permanecem animados. Destruição do tecido completo parece ser o único método de terminação dos SCP-022-1. Se deixados sozinhos, as instâncias simplesmente expiram; todo o movimento cessa e voltam á serem cadáveres normais. O tempe em que a expiração ocorre é determinado pelo estado do corpo podendo chegar de dois dias até três semanas.

Investigações revelam que os corpos dos SCP-022-1 coincidem com as descrições dos cadáveres que foram roubados pelo país. O mecanismo para essa transferência está sendo pesquisado.

Adicionando matéria nova para SCP-022, até agora, se mostrou impossível. Qualquer objeto que entra SCP-022 desaparece logo depois de passar pela entrada, sem deixar vestígios. Isso inclui objetos inanimados e espécimes biológicos. Veja Adendos 022-001 e 022-002.
.
As instâncias do SCP-022-1 possuem uma boca funcional, língua e traqueia, e são capazes de se comunicar plenamente com os investigadores. Veja a entrevista 022-751 para obter mais detalhes

Adendo 022-001: Uma solicitação foi enviada para criar uma nova entrada para o SCP-022 através da remoção de uma parte da parede sul. Solicitação pendente de aprovação.

Adendo 022-002: Uma pilha da matéria foi descoberta no chão do quarto bem acima do SCP-022. Ele parecia conter todos os matérias que tinham sido enviados para SCP-022, com exceção dos seres humanos. Todos os materiais parecem quebrados e desgastados. Os componentes metálicos foram descobertos com uma grande quantidade de ferrugem, com todas as partes biológicas em vários estágios de decomposição. Testes revelaram que o tempo entre a inserção de um objeto no SCP-022 e o reaparecimento no quarto acima é de exatos 183 segundos. Os seres humanos que entram, no entanto, não aparecem na referida pilha. Em vez disso, os seres humanos parecem integrar-se no necrotério, e podem mais tarde reanimar como SCP-022-1.

Entrevista 022-751

Data: Março █, 198█ 

Entrevistado: SCP-022-1-2 


Entrevistador: Dr. ██████
-----------------------------------------

Dr. ██████: Por favor, identifique-se.

SCP-022-1: Meu ... meu nome é John █████████. O que ... o que diabos está acontecendo?

Dr. ██████: Isso é o que estamos tentando descobrir, John. Como você chegou a este ...estado?

SCP-022-1-2: Eu ... eu não sei. Eu estava dirigindo meu carro ... voltando para casa de ... não importa. Eu estava dirigindo, e bati.

Dr. ██████: Então o que aconteceu?

SCP-022-1-2: Nada! Acordei aqui! Por favor ... isso tem que ser [ininteligível].

Dr. ██████: Então você se lembra de estar em um acidente de carro, logo em seguida acordou aqui no necrotério? Você tem alguma ideia de como você chegou aqui?

SCP-022-1-2: Eu não cheguei aqui! Você não entendeu Este não sou eu! Eu não sou eu!

Dr. ██████: O que quer dizer, "você não é você"?

Neste ponto SCP-022-1 ficou gravemente agitado e teve que ser contido fisicamente. Isso exigiu seis agentes, devido ao aumento da força associado as instâncias  SCP-022-1. Eventualmente SCP-022-1 se acalmou e começou a entrevista.

Dr. ██████: Agora, você poderia por favor explicar o que quis dizer?

SCP-022-1-2: Este não ser eu. Eu vi o meu reflexo no aço. Eu não sou a porra de um velho asiático! Este não sou eu!

-----------------------------------------

FIM DA ENTREVISTA

----------------------------------------
Data: março █, 198█

Entrevistado: SCP-022-1-5

Entrevistador: Dr. ██████
----------------------------------------
Dr. ██████: Por favor, diga o seu nome.

SCP-022-1-5: O que diabos vocês bastardos fizeram comigo?

Dr. ██████: Por favor, diga o seu nome.

SCP-022-1-5: Que merda você fez em mim ?!

Dr. ██████: Não fizemos nada para você, agora, por favor, diga seu nome.

SCP-022-1-5: Você sabe quem eu sou, porra!

Dr. ██████: Refresque minha memória, então, por favor.

SCP-022-1-5: Eu sou a cobaia que acabou fodido. Não me diga que você me esqueceu, Dr. Cuzão.

Dr. ██████: ... você é o D-5619?

SCP-022-1-5: Em carne e osso. E para sua informação, babaca, meu nome é [REDIGIDO]! Agora me mude de volta, ou eu juro por Deus que eu vou rasgar a sua pequena cabeça fora!

----------------------------------------
FIM DA ENTREVISTA

Neste ponto Dr. ██████ fez ao SCP-022-1-5 várias perguntas para verificar a sua identidade. Embora a sua identidade foi confirmada, nenhuma outra informação útil foi adquirida com o SCP-022-1-5. Ele foi mantido em uma cela até a expiração dois dias depois. Após três semanas, o corpo do D-5619 foi reanimado como SCP-022-1-7. Em uma breve entrevista com o SCP-022-1-7, que alegou ser uma mulher de 89 anos de idade.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

SCP-962 "Torre de Babel"

Item #: SCP-962

Classe do Objeto: Euclid

Procedimentos de contenção especiais: Devido à sua imobilidade, SCP-962 é para ser deixado no vale em que foi encontrado. Um perímetro de █ km deve ser criado em torno do objeto. Quaisquer civis que procurem passar o perímetro devem ser afastados sob a premissa de que um local com resíduos nucleares está no perímetro. Quaisquer pessoas não relacionadas com a Fundação encontradas dentro da área são para ser interrogadas e aplicadas com amnésicos Classe-A. Uma zona de exclusão aérea deve ser colocada no mesmo. Para desencorajar o crescimento da extensão do SCP-962, quatro animais vivos e duas toneladas de madeira devem ser jogadas do ar perto do SCP-962 semanalmente.

SCP-962.jpg
Foto aérea do SCP-962
Quaisquer balões soltos pelo SCP-962 devem ser derrubados, e esforços serão ​​feitos para recuperar os manuscritos. Se um balão escapar e ser encontrado por um civil, amnésicos classe-A devem ser administrados, e o balão com os manuscritos confiscados. Todos os manuscritos devem ser guardados em um cofre-mínimo de segurança, Agentes nível dois ou superior que desejam ler os materiais produzidos pelo SCP-962 devem apresentar um pedido para o diretor do projeto.


Descrição: SCP-962 é uma grande torre de metal localizada em um vale nas montanhas ██████ em [REDIGIDO]. Ela é feita principalmente de aço, embora outros materiais estão presentes. A torre é de aproximadamente 281 metros de altura, com uma base de 2.575 metros quadrados. Ela torce e se reduz um pouco à medida que sobe a partir do solo. A terceira parte superior da torre é vazia. Uma parede interna na área inferior se torna opaca à imagem. SCP-962 pode abrir uma abertura em qualquer lugar de sua superfície.

SCP-962 produz e controla cerca de 13.500 "servos", designados como SCP-962-1. Espécimes dos SCP-962-1 são animais ciberneticamente aumentados. Estes aumentos geralmente forçam os animais á serem bípedes, e são muitas vezes acompanhados por alterações cosméticas, tais como a remoção do focinho, com o objetivo de tornar os serventes mais humanos. O sistema nervoso dos membros dos SCP-962-1 são controlados por eletrodos implantados, que faz com que sejam controlados por uma força central, que presumi-se ser a própria torre.

Estes servos cumprem uma série de tarefas. Muitos deles mineram em um sistema extensivo de túneis abaixo do vale, que é refinada pela torre. Outros reparam os danos feitos à estrutura ou outros servos. Um pequeno número constroem estradas, aparentemente para facilitar a circulação de outros SCP-962-1. Os demais servos caçam e destroem toda a vida não-humana no vale. Não há casos registrados de qualquer dos SCP-962-1 atacar um ser humano ou uma máquina, mesmo em auto-defesa. Freqüentemente, os cadáveres de animais mortos nestas caças são trazidos de volta ao SCP-962 para a conversão em SCP-962-1. As plantas também podem ser devolvidas para uso como combustível. Apesar dos danos causados ​​por seu grande aumento, os servos são muito eficazes em seus papéis, e parecem está construindo especificamente para eles.

Cerca de sessenta vezes por dia, o SCP-962 vai liberar um balão cheio de hidrogênio a partir de uma abertura na região vazia na parte superior. Estes balões são feitos de animais, que acredita-se serem os animais trazidos pelos SCP-962-1. Junto de cada balão há um manuscrito, escrito em inglês e, normalmente, em um papel ou pergaminho. O comprimento, conteúdo e estilo de escrita varia muito. Estes manuscritos tem várias formas, incluindo poemas, romances e coletâneas de ensaios. Estes manuscritos não apresentam propriedades anômalas, mas geralmente são de altíssima qualidade de escrita, sugerindo fortemente sapiência por parte do SCP-962. Das possíveis notas é o otimismo geral presente nessas escrituras, bem como a falta de qualquer menção de vida não-humana.

Raramente, SCP-962 irá lançar um balão com um documento diferente de suas escritas usuais. Esses manuscritos são desconexos, incoerentes e bizarros, o significado desses documentos é incerto. Neles, SCP-962 elogia explicitamente os seres humanos, sempre identificando a humanidade como os "grandes" e que ele está sempre tentando agradar. Ver o Documento 962-382 para um exemplo.

A origem do SCP-962 não é clara, embora estimativas com base na sua taxa de mineração sugerem que exista, por não mais de vinte anos.

Documento 962-382: O seguinte trecho é um dos raros manuscritos do SCP-962. Gramática, pontuação e ênfase não foram modificados, embora a cor do texto foi omitido.

Limpar o mundo para os Grandes limpar o mundo para os Grandes 
quem é maior do que Sua Majestade Tua natureza sublime Grandes eu faço o certo? 
A carne e madeira o atendem com o aço que você ama você me ama também Eu sou o que você ama. Grandes vejam como eu faço meu dever com paixão 
perdoar o ritmo lento o aço leva tempo. Gostou dos servos eram os melhores da limpeza o melhor para vocês Grandes feitos como você forma você assume aqui em um mundo para limpar e honrar por favor, eu vou completar a limpeza em breve e vocês podem me levar para longe em seus navios de fogo e eu possa adorar vocês e vocês vai me amar


SCP atrasado, mas está aqui. Espero que gostem

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Os retratos

Havia um caçador, que, depois de um longo dia de caça, estava no meio de uma imensa floresta. Estava ficando escuro, e tendo perdido seu rumo, ele decidiu ir em uma direção até que ele não visse mais as grandes folhagens. Depois do que pareceram horas, ele se deparou com uma cabana em uma pequena clareira. Percebendo o quão escuro estava, ele decidiu ver se ele poderia ficar lá por aquela noite. Ele se aproximou e encontrou a porta entreaberta. Ninguém estava lá dentro. O caçador deitou-se na cama, decidindo como iria explicar ao dono pela manhã.

Enquanto ele olhava ao redor, ele ficou surpreso ao ver que as paredes possuíam vários retratos, todas pintadas com detalhes incríveis. Sem exceção, parecia que eles o encaravam, suas características eram retorcidas e o seus olhares tinham ódio e malicia. Ele estava ficando cada vez mais desconfortável. Fazendo um grande esforço para ignorar as muitas faces de ódio, ele virou o rosto para a parede, e exausto, caiu no sono.

Na manhã seguinte, o caçador acordou e se virou piscando em uma luz solar inesperada. Olhando para cima, ele descobriu que a cabana não tinha retratos, apenas janelas.



Traduzido do site: Creepypasta Wikia

sábado, 11 de outubro de 2014

A Porta.

                        Este texto não é um creepy, mas creio que possa estar no interesse de quem busca pelo sobrenatural! - Marcaz



               Muitos devem achar que o mundo sobrenatural é algo incrível, e realmente é. Mas, muitas vezes, é um solo arriscado. Não ache que estou querendo lhe afastar como em qualquer outro relato. Por contrário, quero lhe informar melhor sobre tais assuntos.
            O mundo ‘’ paranormal’’ está muito mais acessível do que há muitos anos atrás. Podendo ser sentido por todo e qualquer ser que o deseje. Vamos! Grite para o mundo que o quer sentir! Grite para os deuses, para o seu deus! Grite para as entidades que segue! ‘’ Mostre-me a realidade das coisas!’’ ‘’ Mostrem-me que caminho devo seguir!’’ Mas deixem para fazer isso apenas depois de ler todo este artigo! Pensem bem... Uma vez nesse mundo, o seu normal nunca mais vai parecer agradável. Sempre vai estar faltando algo, algo que só pode ser encontrado na real visão das coisas.

            O ‘’ outro lado’’ pode ser tão divino quanto horrendo, cabe a você decidir como seguir. Você não irá ganhar poderes devastadores, ou bençãos dos grandes deuses apenas por conseguir olhar para eles. E acima de tudo, não irá trair seu Deus apenas por adentrar neste mundo – exatamente o contrário do que a igreja prega -, você estará indo atrás da verdade, e a verdade é Deus. E a única certeza absoluta é que você existe.

            Não irei entrar em detalhes, não agora. Neste momento, eu quero que você pense. Quais são os seus conceitos? Qual é a sua ‘’ verdade’’? Por que você deseja entrar neste mundo? E sem essa de: ‘’ Eu simplesmente me sinto atraído!’’, para tudo existe um motivo, e qual é o seu? Caso for apenas por curiosidade, pode continuar lendo, mas não tente nada que eu disser! Pois estará entrando é um lugar ao qual não pertence, e correndo o grave risco de não poder sair. Não me venha com ‘’ Deus é mais!’’ ou ‘’ Isto é coisa do capeta!’’ como desculpas para sua frágil fé! Claro que Deus é mais. Ora, se o criador de tudo isso fosse inferior a sua criação, não seria a criação considerada o seu criador? E quanto ao capeta... Só vai para ele quem quer, pois da mesma forma que o ensinamento pode ser usado para o bem, ele pode ser usado para o mal. Embora, essa definição seja muito fútil e ultrapassada. Mas é exatamente isto que vemos nas igrejas atuais. Diversos coiotes com cajados em suas bocas, e com urnas amarradas em seus pescoços, guiando as ovelhas para o abate de realidades.

            Acho que já devo ter deixado claro o proposito desta série, porém, irei repetir. Está serie buscará dar a todas a chave! Sim, a chave que permitirá a você ver o mundo, e poder buscar a verdade. Mas está chave abre muitas portas. Por isso, tome cuidado com as informações que juntará em sua jornada.
Por agora, tente entender os seus motivos de estarem aqui! Tentem entender as suas vidas! Tentem entender a si mesmos! Sua vida está chata? Mas vale a pena perder a vida para ter uma emoção? Caso se interesse pela série, deixe nos comentários algumas dúvidas, relatos, e caso deseje: os seus motivos, religião e como você vê o mundo! Afinal, a melhor maneira de ensinar algo é conhecendo para quem está passando a informação. Agradeço dês de já, e que a luz e a paz estejam nos teus caminhos!

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

SCP-001c "O Guardião do Portão"

Item #: SCP-001

Classe do Objeto: Euclid / Keter

Procedimentos de contenção especiais: Devido à natureza do SCP-001, não é necessário procedimentos de contenção. O monitoramento do SCP-001 deve ocorrer a partir de uma distância segura (10km +) de um local pré-determinado (Site 0). A localização do Site 0 é conhecida apenas pelo Administrador SCP atual e o único agente supervisor da fé de Abraão (O5-14) encarregado de monitorar SCP-001 a partir do site 0. O agente está autorizado a tomar as medidas necessárias caso o SCP-001 fique ativo, e é necessário alertar imediatamente o Administrador e todos os outros agentes de nível Supervisor caso o SCP-001 mostre alguma mudança de comportamento, em que possa iniciar o cenário PATMOS classe XK fim-do-mundo.


Angel.jpg
Fotografia tirada no Site 0 do SCP-001.
Caso SCP-001 se torne ativo de qualquer forma, o agente é obrigado a consultar imediatamente a série de Pedidos de Emergência Patmos. Algoritmos de decodificação para Pedidos Patmos devem ser mantidas no local na posse do observador designado, e devem ser transmitidos aos escritórios da Fundação SCP caso o SCP-001 se torne ativo. Agentes da Fundação com funções vitais em uma ou mais variantes de  Procedimento de emergência Patmos devem ser aconselhados a tomar as seguintes precauções:

1-Para manter boas relações com uma ou mais organizações de religiões abraâmicas.
2-Para manter, em mãos, uma amostra dos seguintes itens: água benta, um rosário, crucifixo, cruz, tapete de oração, ou outro símbolo abençoado por um clérigo de Abraão ou com grau superior, uma cópia das escrituras abraâmicas (Torah, a Bíblia, Alcorão), e suprimentos de emergência padrão em forma móvel.
3-No caso de um cenário de arrebatamento pré-milenar, todos os funcionários vitais devem designar um agente secundário de fé não-abraâmica. Tal agente secundário deve ser informado sobre a localização da cópia primária de Emergência Procedimento PATMOS e neutralizante de agente inoculante, e deve ser mantido em estado pronto para assumir as funções primárias, se necessário.
4-Para se manter familiarizado com todos os outros SCPs envolvidos em um possível cenário Patmos classe XK fim-do-mundo.

Descrição: SCP-001 é uma entidade humanoide, cerca de setecentos (700) côvados de altura, localizado em um local não revelado perto do cruzamento dos rios Tigre e Eufrates. Os recursos a seguir são conhecidos sobre a entidade:

Uma série de apêndices semelhantes a asas luminosas que emergem a partir dos ombros, costas, tornozelos e pulsos da entidade. Embora uma contagem precisa nunca tenha sido estabelecida, a maioria dos observadores colocam o número de asas a partir de dois (2) até cento e oito (108), com o número médio de ser quatro (4).

Uma arma, possivelmente uma espada ou uma faca (SCP-001-2). A arma parece emitir chamas a uma temperatura que rivaliza com a do sol, com base na análise espectrográfica, embora não pareça haver efeitos destrutivos do calor intenso sobre a área circundante. Qualquer entidade que se aproxima a menos de 1 km do SCP-001 é imediatamente atingida pela a arma e apagada da existência. Todas ações hostis resultaram na aniquilação do atacante, independentemente da distancia (ver relatório de incidente Experimento do míssil submarino, 26 de dezembro de 2004)

SCP-001 parece estar de pé, com sua cabeça inclinada, num gesto de súplica, com SCP-001-2, realizada e ambas as mãos abaixadas. Gravado originalmente pelo Fundador há [REDIGIDO] anos atrás, SCP-001 não mudou de postura.

Os seres humanos expostos ao SCP-001 relataram ouvir uma voz em sua cabeça, dando-lhes uma ordem que os sujeitos não podiam desobedecer. A ordem mais comum é "esqueça", o que resulta no sujeito se afastando do SCP-001, sem se lembrar de ter encontrado ele. Em raras ocasiões, no entanto, outras ordens foram dadas: a mais famosa delas foi dada ao Fundador ("Prepare-se"), que ele alegou ter tido um impulso para criar a fundação com o objetivo de procurar [REDIGIDO] para catalogar e conter todos e quaisquer artefatos sobrenaturais e/ou paranormais que representam uma séria ameaça para a existência da humanidade. Esta é a organização hoje conhecida como a Fundação SCP.

Observadores relataram que o SCP-001 parece estar em pé na frente de um portão de imensas proporções. Fotografias de longo alcance, ocasionalmente detectaram o que parece ser um bosque pastoral, contendo inúmeras outras entidades da mesma composição que o SCP-001, bem como várias árvores de fruto de composição desconhecida. Destacando-se duas árvores frutíferas de imensa proporção perto do que aparenta ser o centro bosque: uma, nota-se, que parece ser uma macieira comum, embora a outra tenha uma fruta desconhecida na terra, descrita como [DATA EXPURGADO ].

É a crença do Fundador que o portão que o SCP-001 guarda pode ser  [EXPURGADO] com base na correlação dos textos babilônicos antigos e os Manuscritos do Mar Morto. Nesse caso, pode-se deduzir que a entidade conhecida como SCP-001 pode ser [EXPURGADO].

Adendo 001-a: Experimento da distancia do SCP-001-2

1-Experimento A: Um Classe-D fora instruído a se aproximar do SCP-001, o máximo possível, a pé.
Resultado: Depois de fazer contato visual com SCP-001, o sujeito é ordenado a "sair". Sujeito imediatamente se afasta da entidade e vai embora. Apesar de repetidas ordens para continuar a experiência, Classe-D se recusa a obedecer e é encerrado. Após o término do Classe-D, todos os pesquisadores envolventes foram imediatamente apagados por uma força desconhecida, provavelmente SCP-001-2.

2-EXPERIÊNCIA B: Um robô de pesquisa programado para se aproximar SCP-001 a partir do solo.
Resultado: Ao aproximar-se a 1 km do SCP-001, robô de pesquisa é obliterado, presumivelmente pelo SCP-001-2. Todas as tentativas de reconhecimento remoto teve o mesmo resultado.

3-EXPERIÊNCIA C: 100 drones de pesquisa pré-programados instruídos á abordar SCP-001 a partir de vários ângulos ao mesmo tempo.
Resultado: A coordenação é bem sucedida, e todos os 100 drones cruzam a marca de 1 km simultaneamente; no entanto, todos os 100 drones foram simultaneamente obliterados pelo SCP-001-2. Observador designado pelo site 0 relatou que SCP-001-2 parece "atacar em todas as direções ao mesmo tempo." SCP-001 não se afastou da sua postura enquanto isso aconteceu.

4-EXPERIÊNCIA D: Míssil é disparado em uma distância de 3 km.
Resultado: SCP-001-2 oblitera o míssil ao cruzar a marca de 1 km, simultaneamente, obliterando o local de lançamento e matando todas as pessoas.

5-EXPERIÊNCIA E: Míssil tele-guiado disparado pelo submarino núclear da Fundação "Nautilus".
Resultado: Ver Experimento do submarino oceano indico, 26 de dezembro de 2004

6-EXPERIÊNCIA F: SCP-076 e Força Tarefa Omega 7 instruído a se aproximar SCP-001 a pé.
Resultado: SCP-076 se recusa a cumprir a missão, apesar de não ter sido informado da natureza da missão. Ao ser perguntado por que, SCP-076 responde: "Não, apenas não".

7-EXPERIÊNCIA G: SCP-073. Devido os resultados do experimento F, SCP-073 não foi informado do seu destino até chegar ao Site 0.
Resultado: SCP-073 se aproximou do local a pé. Ao ver SCP-001, SCP-073 ficou angustiado e pediu para abortar. SCP-073 foi ordenado a continuar. Nesse ponto, o símbolo na testa de SCP-073 tornou-se [DATA EXPURGADO]. O experimento foi encerrado devido a [DATA EXPURGADO]. Veja Adendo 001-aa.

Adend 001-aa: Por ordem executiva do Administrador, já não há mais experimentos que devem ser realizados para o SCP-001. Mais nenhum SCP deve ser exposto ao SCP-001. SCP-001 não deve ser utilizado para destruir SCPs perigosos. Por favor, consulte os procedimentos de contenção revistos para mais detalhes.

ADENDO: Em ██-██-████, a seguinte transmissão errante foi recebida pelos agentes da Fundação:

Dar início ao processo de emergência PATMOS-OMEGA 

ATENÇÃO: Todos os agentes da Fundação. 

A seguinte mensagem foi recebida aproximadamente ████: ██: ██ esta manhã do Site 0.

SCP-001 deixou a sua localização. O portão está aberto. Eles estão cavalgando adiante. 

Oh Deus, é tão bonito ..

osenhorreinaosenhorreinaosenhorreinaosenhorreinaosenhorreinaosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorreinaparasempreosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusosenhorédeusouviro'israelosenhornossodeuséounicosenhor.

Por causa da confluência deste evento com a recente quebra de contenção do SCP-995, a abertura do SCP-616, e a ativação do SCP-098, é necessário iniciar imediatamente os preparativos para um cenário de classe XK fim-dom-mundo . SCP-076 e SCP-073 são para ser contidos imediatamente. Todos os funcionários são para desbloquear e decodificar Ordem de Emergência Patmos-Omega, e seguir todas as ordens contidas. Site 19 deve ser protegido, e todos os SCPs não-essenciais e agentes eliminados.Repito por causa da confluência deste evento com a recente quebra de contenção do SCP-995, a abertura do SCP-616, e a ativação do SCP-098, é necessário iniciar imediatamente os preparativos para um cenário de classe XK fim-dom-mundo . SCP-076 e SCP-073 são para ser contidos imediatamente. Todos os funcionários são para desbloquear e decodificar Ordem de Emergência Patmos-Omega, e seguir todas as ordens contidas. Site 19 deve ser protegido, e todos os SCPs não-essenciais e agentes eliminados.  Por causa da confluência deste evento com a recente quebra de contenção do SCP-995, a abertura do SCP-616, e aaaaativaxxxassm do SCP-09@, é necessário in&4o imedi4323tente os 123reparativos para 3m cenário de classe XK fim-dom-mundo . SCP-076 e SCP-073 são para ser contidos imediatamente.  Cain e Abel meus dois filhos eu estouindo todos os funcionários são para desbloquear e. Eu estou no portão e se alguém os seguir mmmmmm@@@!222ttttttttttt3##eee.
███████ 
█████████ 
█████████ 
█████████ 

███ [Sinal perdido]

Ao entrar em contato com Site 0, O5-14 respondeu que tal mensagem não tinha sido enviada de sua localização e que SCP-001 permanece inerte. A transmissão foi inicialmente determinado a ser uma farsa. No entanto, um exame atento da transmissão revela um timestamp datado [DATA REDIGIDO] anos no futuro. Teoriza-se que será [DATA EXPURGADO].

Uffa! Esse SCP deu trabalho, por isso peço que por favor comentem,diga o que acharam desse SCP e vamos ver quem acerta a identidade dele =).
Quem acertar realizo um pedido ( para postar sobre algum assunto lógico )

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O Garoto do Blog

Londres, Inglaterra, Janeiro de 2002.

Bob era um adolescente tímido e antissocial de 16 anos, passava a maior parte do tempo em frente ao computador, fazendo o que mais gostava que era escrever Creepypastas.

Seus pais trabalhavam muito e não tinham tempo para o filho, então ele ocupava a mente escrevendo e publicando suas historias em seu blog.

Passava da meia-noite e os seus pais ainda não haviam chegado em casa, ele ficou preocupado, mas achou melhor ir escrever para passar o tempo.

Seu quarto não tinha muito espaço e poucas coisas, era escuro e sem janelas.

Ele resolve ir até a cozinha beber um copo de água, mas ao voltar percebe uma mancha preta na tela de seu computador. Ele esfrega, mas a mancha não saí.

Bob ignora e continua escrevendo. 15 minutos depois a mancha parece ter aumentado de tamanho.

Ele esfrega o máximo que pode, mas a mancha nem diminuí.

A mancha começa aumentar lentamente e ele começa a ficar assustado, ao poucos ele começa a entrar em pânico.

Bob só percebe realmente o que está acontecendo quando retira os headfones do ouvido e ouve uma respiração ofegante atrás dele.

Ao olhar para trás ele percebe que a mancha na verdade era a sombra de alguém que estava atrás dele o tempo inteiro.        
Ao chegarem em casa os pais encontraram o filho com a garganta cortada caído sobre o teclado do computador. Na tela estava o texto acima.

Rumores dizem que o assassino escreveu o texto que estava na tela, mas nada foi provado até hoje.

O caso foi arquivado como tantos outros.

(Comente, sua opinião é importante.)


Sensitivos