terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

RELATO DOS LEITORES #17

Olá, equipe do Medo Sensitvo.

Mais uma vez, este é um relato da minha mãe. Vocês devem pensar "Essa mulher só inventa coisas". Não. Ela não é de inventar e outras pessoas também me contaram isso.

Uma vez, quando meu irmão tinha dias de vida, minha mãe viajou com ele para o Ceará. Era noite e ela havia ficado a noite conversando com meu pai e uns amigos de parentes dele. Depois de muita conversa, um dos caras que estavam com eles, perguntou se meu irmão era batizado e minha mãe disse que não. Com essa resposta, aconteceu o seguinte diálogo:

- O lobisomem vai aparecer na sua casa hoje.
- Claro que não. Isso nem existe. - disse minha mãe.
- Escuta o que eu estou lhe falando, ele vai aparecer. O seu filho não é batizado, os lobisomens pegam crianças pagãs.

Depois de muita insistência ao meu pai, já que o cara era desconhecido, o rapaz foi dormir na casa com eles.

Meia noite em ponto, ouviram-se arranhões no portão e iam ficando cada vez mais fortes. Minha mãe ficou desesperada, mas continuou lá dentro e confiando no rapaz. Então, o cara saiu de fininho e atirou na criatura, que fugiu imediatamente.

É claro que no dia seguinte, minha mãe foi batizar meu irmão. Descobriram que o lobisomem, era primo do meu pai. Tinha 7 mulheres, era o 7º filho e essas coisas que dizem que lobisomens são.

Mais uma história contada pela vizinha:

Era noite e todos estavam conversando e jantanda na varanda. Quando escutaram um som distante. Todos olharam para a direção da rua e viram uma criatura que pulava a uma altura equivalente a uma casa de 2 andares. Saíram todos correndo e fecharam todos os portões. A noite inteira escutaram o cachorro da casa latindo desesperadamente e barulhos nos portões.

Quando o dia amanheceu, a dona da casa abriu o portão e viu seu cachorro completamente queimado e a varanda cheia de sangue.

Vanessa Oliveira

Outros relatos de Vanessa:

RELATO DOS LEITORES #5
RELATO DOS LEITORES #14


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS