sexta-feira, 28 de junho de 2013

Você Deve Merecer Oque Pedir a Deus Part- 5


O que eu devo fazer? Estou cercado. Minha sombra querendo me matar de um lado e uma criatura assustadora do outro!- Pesei assustado, mas sem escolhas corri em direção a minha sombra com a leve esperança de poder a dribla e depois ter mais tempo para pensar em alguma forma de sair daquela situação.

Quando estava a ponto e me chocar com a sombra ela grita - Você realmente quer saber de tudo?- Então nesse exato momento minha fixa cai. E se tudo aquilo não estivesse acontecendo tão somente pelo efeito do ritual e sim pelo meu desejo. Tudo isso que esta acontecendo seria minha culpa. Mas essa era a irrefutável verdade, não tinha mais escolhas, apenas deveria chegar ao final disso tudo levando o máximo de pessoas possíveis e abraçar o meu tão sonhado premio de conhecimento. Esquivo-me do facão da minha sombra me abaixando, acerto o meu facão em sua barriga, mas para meu espanto a lamina passa por dentro de seu corpo sem causar-lhe sequer um misero arranhão.

Perco o equilíbrio e caio aos seus pés. Rapidamente minha sombra vira-se para mim e por um prevê momento me encara, repetindo mais uma vez a sua pergunta, então eu respondo- Mas é claro que sim!  Esse é o meu maior desejo! Não me importa o que eu tenha que fazer nesse lugar. Esse desejo é meu e eu sairei daqui sabendo de tudo!- Respondi com firmeza esperando que a sombra ficasse comovida e me ajuda-se a derrubar a besta que aguardava no fim do corredor. Mas para meu maior espanto a sombra se enraivece ainda mais, levantando seu facão com a ponta mirando em meu rosto e descendo ferozmente grita- Não acredito em você!- Esquivo-me, por pouco não fui morto por minha sombra. Irritada continua a me atacar, sem intervalos, mas algo estava estranho, mesmo cansado e me esquivando por pouco eu não era acertado uma vez sequer. Nunca fui bom em qualquer coisa que envolvesse agilidade, logo não era bom em esquiva. Então como isso era possível? Como eu conseguia me esquivar tão bem? A minha sombra é tão ruim de mira assim? Repentinamente eu percebo minha sombra não estava querendo me acertar, estava apenas irritada, ela não me mataria. Comigo em pé ela desce rapidamente um golpe mirando minha garganta ao mesmo tempo em que grita- Você já se esqueceu uma vez do seu objetivo. O que me fará acreditar que não se esquecera novamente?- Não me movo, arriscando minha vida na simples hipótese de que minha sombra não me mataria. Fecho meus olhos e em minha mente vejo minha cabeça sendo degolado, imaginando a cena de minha sombra sumindo logo a minha frente. Ao sentir uma fina lamina encostando-se a meu pescoço penso- Pronto esse é meu fim... Quão estudo eu fui de aceitar fazer esse ritual e agora todos vamos morrer. Sem misericórdia, sem ao menos o resto do mundo saber pelo que passamos. Que triste esse fim... Imagino se outras pessoas não o tiveram antes ou ainda o tem em cantos esquecidos pelo mundo!- Mas quando abro os olhos vejo minha sombra com lagrimas nos olhos se lamentando pelo fato e não conseguir me matar. Afasto a lamina em meu pescoço e falo a abraçando- Confie em mim! Jamais esquecerei novamente de algo tão importante! Você apenas deve confiar em mim... - Ficamos alguns segundos ali parados sem nos movermos. Ate que a sombra me empurrar gentilmente e fala- Deixe-me cuidar dessa besta suja sozinho... Aquele maldito grito quase me deixou surdo!- Aceno com a cabeça e ela corre em direção a criatura sem pensar duas vezes. A criatura tenta acertá-la, mas a sua mão com garras atravessa o corpo da sombra e chegando a um paço da besta segura a sua cabeça passando seu facão lentamente pelo pescoço da criatura e no meio de gritos horrendos de dor, minha sombra arranca a cabeça da besta mascarada a nossa frente. Aproximo-me da porta e colocando a mascara da criatura decapitada  minha sombra sorrindo fala- Eu também quero saber de tudo!- Me entregando a mascara da criatura ela some em meio à escuridão.

Escrito por: Luan

Continua...

Iaê gostaram da nova parte? O rumo da estoria esta legal??? Comentem isso ajudara muito! Mas comente sim, comente não um grande abraço do seu escritor vagabundo que não tem dia para postar e ate a próximas~Luan 

4 comentários:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS