sexta-feira, 14 de junho de 2013

A Cripta dos Vampiros – Parte 04

Vejamos agora algumas de suas capacidades.
Ao serem transformados, os Vampiros têm suas capacidades ampliadas,
muito além da capacidade humana.
Espero que estejam gostando da série. Comentem a vontade....


Capacidades Desenvolvidas

O corpo do Vampiro nem sempre reflete sua força física descomunal nem as outras capacidades secretas que lhes são atribuídas pelos mais diversos autores. Assim, um Vampiro baixo, magro e aparentemente frágil pode ter o triplo da força (ou mais) de um campeão de fisiculturismo. Isso acontece devido às suas capacidades sobrenaturais. Vejamos algumas:

Visão: A visão dos Vampiros é extremamente sensível. Podem enxergar perfeitamente em escuridão total e distinguir coisas que nem um falcão conseguiria. Reza a lenda que os Vampiros possuem olhos vermelhos, mas não é bem assim. Através de seu poder de metamorfose é que alguns deles conseguem fazer com que seus olhos fiquem vermelhos, aterrorizando qualquer um que os encare. Também dizem que o Vampiro utiliza seu olhar penetrante para congelar a vítima e invadir o seu subconsciente. Em parte é verdade, mas apenas os Vampiros mais poderosos são capazes disso. Fora isso, seus olhos são normais mesmo. Mas a luz, até mesmo artificial, como uma lâmpada, incomoda os Vampiros mais jovens.


Tato: O tato também é superdesenvolvido. Eles podem sentir seu sangue correndo nas veias ao simples toque de sua pele. Alguns podem até ler um jornal apenas com a ponta dos dedos.

Paladar: Nem o mais ilustre degustador pode se igualar em paladar. Seu paladar primoroso lhe permite saborear o sangue minuciosamente e até, no caso dos mais poderosos, saber seu tipo (A, AB, O). Ocorre também, no caso dos mais jovens, ingerir sangue de bêbados e drogados, pois as substâncias neles existentes (álcool, drogas) também os fazer “viajar”, apesar de não causar dano algum. Por isso muitos dos jovens preferem andar pelos becos à procura de bêbados e drogados.

Audição: Vampiros conseguem até ouvir o bater de asas de um mosquito que esteja a muitos metros de distância. Isso também lhes permite ouvir conversas alheias e escolher com mais precisão suas vítimas. Mas também levam uma certa desvantagem em ambientes muito barulhentos, se não tomarem cuidado.

Olfato: Dizem que o urubu sente cheiro a quilômetros de distância. O Vampiro não chega a isso, mas aproxima-se bastante. Ele consegue sentir seu cheiro de tal forma que consegue descobrir até se você está com medo ou não.

Continua...

Walacionil Wosch

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS