terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

"Lobisomens" do Ceará

Aproveitando o RELATO DOS LEITORES #17 resolvi pesquisar sobre os aparecimentos de lobisomens
no Ceará e encontrei alguns relatos. Peço que, por favor, desconsiderem o sensacionalimo barato.

A lenda do lobisomem tem origem provavelmente na Europa do século XVI, embora traços do personagem  apareçam em alguns mitos da Grécia Antiga. Do continente europeu, espalhou-se por várias regiões do mundo e chegou ao Brasil através dos portugueses.

A partir de agora, fique com alguns relatos que "cairam na mídia":

O Lobisomem do Cariri


No Ceará, aqui e ali aparecem histórias dando conta do aparecimento de estranhos personagens, geralmente associados ao lendário lobisomem, que assustam as populações de pequenas localidades. Em 2008, na zona rural de Tauá, um “lobisomem”  furtava ovelhas e arrombava residências na região.  Era descrito por testemunhas como um individuo meio homem e meio lobo, que emitia ruídos estranhos e arrastava correntes. O delegado da cidade chegou a registrar dois Boletins de Ocorrência, feitos por moradores que viram a aparição.

Uma das histórias de lobisomem mais conhecidas é a de Vicente “Finim”, morador do Cariri que, segundo a lenda, virava lobisomem nas noites de quinta para sexta-feira. Segundo a história, quando uma mulher tem sete filhas e o oitavo filho é homem, esse menino será um lobisomem. Também o será, o filho de mulher amancebada com um padre. Sempre pálido, magro e orelhas compridas, o menino nasce normal. Porém, logo que ele completa 13 anos, a maldição começa. Na primeira noite de terça ou sexta-feira, depois do aniversário, ele sai à noite e vai até um encruzilhada. Ali, no silêncio da noite, se transforma no “tal bicho” pela primeira vez, e uiva para a lua.

No caso de Vicente Finim, cujo nome verdadeiro é Vicente Araújo, a maldição de virar lobisomem lhe foi imposta porque ele teria de provocado o assassinato de sua mãe. A lenda conta que Vicente, ao levar o a
lmoço do seu pai que trabalhava na roça, comeu a carne no caminho e disse que teria sido um homem que estava com sua mãe. O velho voltou para casa enciumado e matou a esposa à facadas. Ao morrer, a mãe de Vicente Finim teria deixado à maldição, dizendo que a pessoa que levantou aquele falso, ia ser transformado em lobisomem.

Daí em diante, toda terça ou sexta-feira, ele corria pelas ruas ou estradas desertas com uma matilha de cachorros latindo atrás. Nessa noite, ele visitava, sete partes da região, sete pátios de igreja, sete vilas e sete encruzilhadas. Por onde passava, açoitava os cachorros e apagava as luzes das ruas e das casas, enquanto uivava de forma horripilante. Antes de o Sol nascer, quando o galo canta, o lobisomem volta ao mesmo lugar de onde partiu e se transforma outra vez em homem. Para quebrar o encanto, era preciso chegar bem perto, sem que ele perceba, e bater forte em sua cabeça. Se uma gota de sangue atingir a pessoa, ela também vira o bicho.

A história de Vicente Finim correu o mundo, fazendo medo a crianças e adultos. Entrou para o folclore regional, foi contada em versos pelos cordelistas. Ele morreu em 1985, no Sítio Cabeceiras, Município de Barbalha, negando as acusações. Mas nas entrelinhas deixava uma dúvida. Confessava que gostaria muito de namorar e trocava o dia pela noite à procura de um amor proibido.

Lobisomem aterroriza moradores de Barrinha, Município de Ipu

Depois que pessoas afirmaram que viram uma criatura estranha pelas ruas dos bairros Alto dos 14 e Boa Vista em Ipu (O fato foi narrado na Rádio Regional AM no Programa fatos em Debate), uma moradora da localidade Barrinha, que fica há distante de 9 km da sede do município, também afirma ter visto essa estranha e bizarra criatura.

 Dona Antônia Gomes, moradora da localidade Barrinha, afirma ter vista a criatura e seus "bufatos". A senhora conta que a criatura teria as mesmas características que foram relatadas pelas senhoras que afirmam terem visto a criatura pelas ruas da cidade. No vídeo, os moradores relatam que ouviram o bicho "bufando".


Suposto lobisomem apavora populares de Sobral

Essas historias que tanto assustaram as cidades de interior, com a chegada da energia elétrica viraram ‘Lenda Urbana’, e não assombrava nem criança de 5 anos, porém essas mesmas voltam a tona no cenário nordestino com a suposta e continua aparição de um Lobisomem na localidade de Jaibaras, distrito que fica a 20km de Sobral, essas historias tem reativado o medo e a crendice popular na existência do tal bicho, que segundo a população de Jaibaras anda pelos arredores do local, chegando inclusive a atacar animais domésticos, como foi o caso de um cachorro de uma aposentada que foi vitimas da fera. Segundo relatos, o misterioso animal que todos acreditam ser um lobisomem, teria 1,30m, pêlos abundantes e não possui cabeça identificável.



Homem afirma que encontrou com Lobisomem no Ceará

No município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, um homem afirma que esteve de frente com um lobisomem. Acompanhe essa história:


Farias Brito-CE: Padre polêmico que teria virado lobisomem.


Um fato inusitado vem chamando a atenção de muita gente em Santana do Cariri. Alguns dias moradores começaram a se assustar com uivos à noite. Fizeram algumas rondas e foram até a Casa Paroquial. Populares levaram então o caso para a Polícia. Em contato telefônico com a Delegacia de Polícia de Santana do Cariri fomos informados de que realmente isso vem acontecendo na cidade. Entretanto, a Polícia parte do pressuposto de que não se trata de um lobisomem, mas de pessoas comuns que estariam assustando a população.

E o "suposto" lobisomen seria o jovem padre Adalmiran Silva de Vasconcelos, os boatos espalhados em outubro de 2011, agora virou notícia novamente porque proibiu a festa do Pré-Pau em Santana e, agora, adotou posição contrária ao corte e carregamento do pau da bandeira nos festejos a Santo Antonio na zona rural de Farias Brito. A decisão contrariou os moradores da localidade que fica a uma distância de 18 Km para o centro da cidade. Principalmente, diante do fechamento da capela com cadeado. As orações dos fiéis ao santo casamenteiro estão acontecendo, mas na praça do lado de fora.

'Lobisomem' assusta moradores em Tauá

Moradores da zona rural de Tauá (CE) estão assustados com a ação de um 'lobisomem' que está furtando ovelhas e arrombando residências na região. Dois casos foram registrados pela Polícia Civil da cidade.

Apesar de ser lua nova numa segunda, uma mulher afirmou à polícia ter visto um indivíduo "meio homem e meio lobo". Na terça-feira, um garoto de 12 anos também disse aos policiais que viu uma figura semelhante perto de sua casa.

Ambos os relatos indicam que a figura é "muito feia e exala cheiro de enxofre". "Acredito que se trata de uma pessoa que usa uma máscara de lobisomem para assustar os moradores da região, que acreditam muito em folclore. São pessoas inocentes e ingênuas", disse Marcos Sandro Lira, delegado regional de Tauá. ¬¬

Ele confirmou ter registrado dois boletins de ocorrência sobre o caso. "Estamos investigando um possível grupo que está agindo dessa maneira para cometer crimes, mas nada que seja sobrenatural", disse Lira. Na cidade, o caso já foi apelidado de o "mistério da meia-noite" e vem sendo tratado com humor...

RELATO: Fugindo do Lobisomem

Por Guilherme Rodrigues

Há uns 50 anos meu avô e minha avó moravam no interior do estado do Ceará. O local não era considerado município, acho que na época era só um distrito. Normalmente às 23 horas cortavam a energia, ela só voltava 5 horas da manhã.

Um dia meu avô voltava da casa da minha avó (no tempo eles ainda eram namorados) mais ou menos de 22:50 a 23:30, a hora não era muito consultada, no dia ele resolveu pegar um atalho para sua casa. Enquanto caminhava ele ouviu o mesmo barulho de um carrocho correndo, acostumado com esse barulho ele não se alertou ou amedrontou, ele ouviu isso cada vez mais perto.  Chega uma hora que ele para de ouvir e sente um cheiro muito forte de enxofre, ''O cheiro do inferno'' descreve ele. Ele parou repentinamente e ouviu um relincho de porco vindo de trás dele, ele virou repentinamente e viu a criatura mais horrenda de toda sua vida! Ele a descreve como do tamanho de um jumento novo, seu pelo era grosso e totalmente preto com as pontas cinzas, seus olhos eram totalmente avermelhados, dois grandes e afiados  dentes estavam a mostra, e ele andava de cabeça pra baixo com os cotovelos. Meu avô soltou um agudo grito e saiu correndo. A criatura foi atrás, andava incrivelmente rápido e meu avô calculou que se continuasse a correr em linha reta seria pego, então ele resolveu entrar dentro da caatinga (Plantação típica da região). Sem pensar duas vezes a criatura correu e foi atrás dele, depois de mais ou menos 1 km meu avô estava exausto e todo arranhado por causa dos espinhos e dos galhos. Ele estava prestes a se render, até que ele viu uma grande casa e um celeiro ao lado, ele correu na direção do celeiro para sua sorte a porta estava só encostada, ele entrou com tudo se jogando em um monte de capim que se encontrava lá para os animais. A criatura não ousou entrar e ficou lá fora relinchando. Meu avô passou a noite ali, quando o sol apareceu a criatura se amedrontou e fugiu. Ele só saiu de lá mais ou menos ao meio dia.

Atualmente ele acredita que a criatura não ousou entrar no celeiro pois o celeiro é um lugar sagrado, Jesus nasceu em um.

Por favor, se já tiverem visto ou ouvido falar estou curioso para saber.
--------------------

Quem conhecer outros relatos, ou quiser enviar o seu é só mandar pro medosensitivo@ymail.com

Fontes:
http://cearaemfotos.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS