segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Crítica: Bruxa de Blair 3

Eu adoraria muito escrever algo positivo sobre o filme, mas infelizmente nem tudo é como nós queremos não é mesmo?

Quem esperou por mais de 16 anos para assistir uma nova sequência do filme A Bruxa de Blair, se decepcionou ao assistir o novo filme.

Com personagens pouco carismáticos, enredo confuso e várias coisas acontecendo rapidamente, o filme Bruxa de Blair é de longe
o filme mais fraco com relação aos anteriores.

O suspense já escasso nos filmes de terror atuais foi totalmente deixado de lado, as coisas acontecem muito rápido, gritos em excesso e muita confusão em praticamente todas as cenas, sem contar no velho clichê do cara que vai fazer xixi longe do acampamento e morre..

O filme se perde mais ainda quando se aproxima do fim, em certos momentos o filme parecia se tratar de um filme sobre extraterrestre já que barulhos pesados e luzes surgem em determinadas cenas.

Para quem sempre teve a curiosidade em ver a tal Bruxa, posso dizer que ela aparece em certos momentos, mas não espere que ela seja do jeito que você sempre imaginou e o jeito que muitos moradores relatavam.

A bruxa se parece muito com o The Rake. (Haha!)

Para completar o conjunto da obra, temos um final que não esclarece nada, não deixa se quer uma deixa para uma possível continuação, mas fortalece a imortalidade da Bruxa.

A única coisa boa que posso pontuar é a oportunidade de ter assisto o filme no cinema, afinal eu era muito pequeno em 1999 e logicamente não tive como entrar no cinema. (rsrs)

Para finalizar gostaria de deixar um recado: Nunca deixem a lenda ser esquecida.

(Crítica por: Andrey Menezes.)   

Quem gostou avalia e se possível comente, isso significa muito para quem se dedica ao blog. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS