sábado, 17 de outubro de 2015

O Jardim


Rita tinha 30 anos, morava com seu marido Marcos em um casarão antigo de São Paulo.

Ela tinha problemas para engravidar, seus filhos sempre nasciam mortos. 

A tristeza consumia cada vez mais o coração de Rita, era insuportável para ela o fato de nunca ter um filho vivo em seus braços. 

Marcos era médico e ele mesmo fazia os partos de sua esposa em casa. 

Para confortar a dor de Rita ele começou a plantar rosas e mais rosas no jardim, na esperança de que ela se distraísse.

Funcionou, Rita começou a passar o dia inteiro cuidando do jardim, plantando rosas por toda parte.

As flores cresciam tão rápido, eram tão vivas e vibrantes, aquele era o jardim mais lindo da cidade. 

Rita decidiu tentar engravidar outra vez e nove meses depois seu filho nasceu morto, mas ela não ficou tão abalada, afinal ela tinha o seu lindo jardim para aliviar a sua dor. 

Além do jardim,ela também tinha mais adubo para as suas lindas rosas.. 

(Comente e avalie, agradeço desde já.)

Todos os textos postados por mim, são de minha autoria(Andrey Soller).
Email: andreycompositor@hotmail.com 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS