segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Horror Game: SOMA

Soma (estilizado como SOMA) é um jogo survival horror de ficção científica desenvolvido pela Frictional Games (mesma empresa de Amnesia: The Dark Descent). Foi lançado em 22 de setembro, 2015

Descrição

O rádio ficou em silêncio na PATHOS-2. Enquanto o isolamento cai sobre a tripulação do centro de pesquisa, coisas estranhas começam a acontecer.

Máquinas estão assumindo traços humanos e construções alienígenas começaram a interferir com a rotina. O mundo ao redor está se transformando em um pesadelo.

A única saída é fazer algo inimaginável.

História

Em maio de 2015, o protagonista Simon Jarrett se envolve em um acidente de carro fatal em Toronto que mata sua amiga Ashley e deixa Simon com graves danos cerebrais e sangramento craniano. Por causa dos efeitos do acidente, Simon concorda com um escaneamento cerebral experimental em um laboratório médico Durante a verificação, Simon fica inconsciente, e recupera a consciência quase um século mais tarde no complexo PATHOS-2 na estação Upilson, um centro de pesquisa subaquática aparentemente abandonado e sem nenhum conhecimento de como ele chegou lá. Pouco depois de acordar, Simon começa a se comunicar com alguém chamado Catherine, que o instrui a vir a sua localização na estação Lambda. Enquanto explora PATHOS-2, Simon descobre que ele acordou no ano de 2104. Em 2103, um cometa enorme havia devastado a superfície da Terra, deixando PATHOS-2 como o último posto avançado da humanidade. Ao longo do caminho pela história, Simon encontra robôs e criaturas hostis que acreditam serem humanos.

Personagens

Simon Jarrett foi um jovem que viveu e trabalhou em Toronto, Canadá. Ele trabalhava em uma loja de quadrinhos chamado "The Grimoire" com vários amigos e parecia estar em uma posição gerencial.

Catherine
Catherine
SimonProfile
Simon
Anterior aos eventos do jogo, Simon e uma colega de trabalho, Ashley Hall, envolveram-se em um terrível acidente de carro causado por uma mãe de três filhos que colidiu com o carro em que eles viajavam. Ashley morreu no local, sufocada pelo sangue nos pulmões e Simon ficou gravemente ferido; sofrendo danos cerebrais e, ocasionalmente, sangramento na cabeça causado por um edema cerebral que pressionava contra sua calota craniana, o excesso de sangue escapava através de vários orifícios, mas principalmente de algum lugar na cabeça


Catherine Chun viveu e trabalhou como Engenheira de Sistemas Intel. em PATHOS-II. Antes dos eventos do jogo, ela estava trabalhando em um projeto pessoal chamado ARCA, que abrigava os escaneamentos do cérebro de vários membros da tripulação, em um paraíso simulado. Durante todo jogo, ela atua como guia de Simon Jarrett e única companheira.

Gameplay

Soma é um jogo de survival horror de ficção científica reproduzido em perspectiva de primeira pessoa. Thomas Grip da Frictional Games afirmou que o jogador irá "encontrar uma série de estranhas criaturas, cada uma personificando um aspecto dos nossos temas". o jogo utiliza principalmente elementos de horror psicológico em vez dos sustos convencionais encontrados na maioria dos jogos dentro do gênero. Durante todo o jogo, o jogador vai encontrar uma grande variedade de pistas, tais como notas e fitas de áudio, que constroem a atmosfera e promovem o enredo. Tal como acontece com a maioria dos títulos pela Frictional Games, há pouco ou nenhum combate, e em vez disso o jogador progride através de quebra-cabeças, exploração e utilização de stealth.

=====Daqui em diante terá possíveis Spoilers do jogo=====

Complexo PATHOS-2

PathosIILogo

PATHOS-II é uma instalação de pesquisa subaquática situada no Oceano Atlântico. É o cenário principal de "SOMA" e do filme live-action "Depth".

Foi inicialmente construída para conduzir mineração térmica durante os anos de 2060 e, depois, desenvolveu a Arma Espacial Ômega. Possui uma equipe diversificada de cientistas e engenheiros envolvidos em vários projetos de investigação como ciências marinhas, hidrocultura e construção submarina. Uma inteligência artificial conhecida como "WAU " foi usada para supervisionar as operações primárias do estabelecimento.

Quando um impacto de um cometa em janeiro 2103 destruiu a vida na superfície da Terra, a equipe de PATHOS-II tornou-se os últimos seres humanos viventes  no planeta. Sabendo que eles não seriam capazes de sobreviver indefinidamente, eles começaram a procurar formas alternativas de estenderem suas vidas e, em última instância, salvar o restante da raça humana - o programa ARCA estava entre elas. Não se sabe muito sobre os acontecimentos que se seguiram, mas, eventualmente, máquinas anteriormente operadas remotamente por humanos começaram a se tornarem auto-conscientes e passaram a exibir características humanas. A instalação, eventualmente,  tornou-se o pesadelo visto durante os eventos do jogo.

Estações

PATHOS-II é um amplo complexo que consiste em oito estações submarinas e uma estação na superfície. As Estações Upsilon, Delta, Theta, Lambda e Omicron estão localizadas em uma seção relativamente rasa do fundo do oceano referido como platô. Tau, Phi, e Alpha estão localizadas em uma pequena seção da planície abissal que se encontra abaixo deste platô. Estação Ômega está localizada na superfície. PATHOS-II também mantém contato com várias cidades internacionais, incluindo Lisboa, Cadiz, Londres e Nova York.

Upsilon - 99m

Upsilon contém a planta de geração de energia primária da instalação. Buracos geotérmicos são usados para gerar eletricidade. Upsilon também contém extensas instalações utilizadas para atender e manter a coleção de robôs e UH da PATHOS-II.

Lambda - 96m

Pouco se viu de Lambda no jogo, mas sabe-se que Lambda contém um centro de transporte que conecta à todas as outras instalações.

Delta - 64m

Delta é uma pequena estação situada no topo de um afloramento de corais que se estende a partir do Abismo. Composta de vários prédios desconectados, uma antena de comunicação e um pequeno centro de controle, Delta é responsável pela fabricação dos cartuchos de projéteis aerodinâmicos para serem lançadas pela Arma Espacial Ômega.

Theta - 153m

Theta é um dos maiores complexos, e parece conter laboratórios de pesquisa, dormitórios, e escritórios administrativos.

Omicron - 115m

Omicron está localizado na borda do platô, com vista para o abismo. Omicron é dedicado quase inteiramente com a investigação, principalmente sobre biologia marinha, hidroponia, e os efeitos do gel estrutural. Omicron também opera o "Climber", um elevador usado para transportar a tripulação para o Abismo.

Tau - 4114m

Tau está localizado no Abismo, aproximadamente meio quilômetro do ponto de extremidade inferior do "Climber". Luzes iluminam um caminho entre o "Climber" e Tau, usadas para atravessar com segurança o abismo sem provocar a vida selvagem. Tau contém várias áreas de manutenção e dormitórios para a tripulação, assim como um sistema de transporte de carga que se conecta a Phi, originalmente usado para transportes de cargas para a Arma Espacial Ômega..

Phi - 3802m

Phi também está localizada no Abismo, e abriga principalmente a Arma Espacial Ômega. Phi possui um depósito de recepção ligado ao sistema de transporte de Tau, usado para carregar cargas aerodinâmicas em "balas", que são então carregadas para a Arma Espacial para o lançamento.

Omega - 0m

Omega é uma instalação na superfície, situada no ponto onde cano da arma espacial atinge a superfície do oceano. Omega era primeiramente um posto meteorológico.

Alpha - Profundidade Desconhecida

Alpha é uma instalação secreta, cuja existência não é conhecida por todos, apenas um grupo restrito de funcionários da PATHOS-II sabem de sua existência. Alpha é onde o núcleo central de WAU está localizado, e o ponto de origem da sua influência em toda a estação.

WAU


O WAU (Unit Warden (Unidade Guardião)) é um sistema de IA, originalmente responsável pela manutenção das instalações de Pathos-II e suporte de vida de seus trabalhadores, é o principal antagonista do jogo.

Depois de uma colisão catastrófica de um cometa em 12 de janeiro de 2103 que destruiu a vida na superfície, o protocolo primário do WAU tornou-se o de preservar a humanidade. Para atingir seu objetivo, WAU usou o Gel Estrutural para crescer fisicamente, inicialmente ocupando uma grande parte da sua câmara do núcleo na estação Alpha, e, em seguida, alcançando as máquinas e formas de vida em torno das instalações da Pathos-II.

Devido à falta de uma definição adequada da condição humana ou o que seria uma forma aceitável de existência humana, os esforços do WAU resultaram em um upload dos escaneamentos cerebrais dos trabalhadores da Pathos-II nos robôs em torno da estação e a maioria dos seres humanos infectados com o Gel Estrutural foram biomecanicamente projetados e colocados em uma espécie de transe/coma, ficando inconscientes de seus arredores e que está acontecendo com eles.

Inimigos

Proxies

File:Screenshot 2015-10-06-15-50-14~01~01.png
Upilson Proxy
Com uma exceção, proxies baseiam-se em seres humanos que tenham sido alterados, ou reanimados, pelo gel estrutural. Por esta razão, eles também estão sob a influência direta do WAU. A alteração pelo WAU parece ter destruído completamente a personalidade e inteligência superior; no entanto, eles retem alguma inteligência básica, tal como evidenciado pela sua capacidade para abrir as portas.

Upilson Proxy

O Proxy Upsilon é, como o próprio nome indica, encontrado na estação Upsilon. É baseado em uma unidade Universal Helper (UH) fundido com Gel Estrutural para formar uma grande, monstruosidade robótica bípede. Este é o primeiro proxy que Simon realmente encontra no jogo. Pode ser encontrado duas vezes, mas apenas uma vez é obrigatória.

Jiangshi

O Jiangshi é encontrado na estação Lambda e no CURIE. Ele toma a forma de um ser humano nu pálido com uma massa redonda , e incandescente no lugar da cabeça. Esta besta parece ser capaz de teletransporte limitado, ou, pelo menos, alguma forma de movimento parecida. O Jiangshi é cego e surdo, e fica agitado por proximidade e contato visual direto.

Server Room Proxy
File:2015-10-06 00024.jpg
Terry Akers (Server Room Proxy)

É encontrado na estação Theta. Como o próprio nome indica, é encontrado na sala de servidores. Há também três deles na área de manutenção. Ele toma a forma de uma criatura bípede humanoide com crescimentos tumorais em todo o seu corpo e sem braços. Estes proxies são cegos, mas possuem audição aguçada.

Terry Akers

Terry Akers foi o ex-chefe da Delta , que ficou louco e se transformou devido à ingestão de gel estrutural. Ele irá perseguir Simon nos laboratórios e áreas de manutenção da estação Theta. Sua aparência é humanoide, mas terrivelmente desfigurada, sem traços e magro. Akers é cego, mas, como os outros proxies de Theta, possui uma grande audição.
File:O proxy.png
Omicron Proxy

Omicron Proxy

O proxy Omicron é, como o próprio nome indica, encontrado na estação Omicron. Parece ser um cadáver do sexo feminino re-animado pelo WAU e equipado com implantes cibernéticos improvisados. Simon encontra ela duas vezes, na Sala de Força e no caminho para a sala de mergulho. Este proxy é agitado pela proximidade, e, geralmente, vai ficar em um lugar a menos que seja provocado, isso pode ser usado para atraí-lo para longe de objetivos importantes.

Tau Proxy

O Tau Proxy é o último proxy encontrado no jogo, e corre pelos corredores da estação Tau quando Simon abre uma determinada porta. Parece ser um ex-funcionário da PATHOS-II que foi transformado enquanto vestia um traje. Ele toma a forma de um traje de alta pressão com tentáculos saindo de sua viseira, que ele usa como seu ataque primário. Este proxy possui a visão aguçada e audição, e é atraídos pelos sons de portas se abrindo e fechando.

Criaturas Abissais

Tamboril

File:Model.png
Tamboril
O tamboril foi fortemente desfigurado pelos vazamentos do gel estrutural, faltando seus olhos quase cegos, enquanto passa por algumas outras mutações.

A fim de alcançar a estação Alpha, Simon tem que seguir as luzes que levam para uma caverna. Se o jogador conseguir seguir as fontes de luz e fazer seu caminho até a caverna, ele deve seguir o caminho das luzes bio florescente para o lado oposto do túnel dentro da caverna. Lá, o jogador deve seguir as luzes novamente enquanto esse filho da puta está na espera do jogador, atraindo ele para seguir sua fonte de luz. Se o jogador encontrar este peixe e manter uma distância entre ele, a criatura irá nadar lentamente até o jogador.

Os Critters

São criaturas encontradas no abismo. São primeiramente mencionados por alguém de Tau. Eles atacam em grupos, mas não irão se aproximar do jogador se estiverem perto da luz,  apesar deles estarem infectados pelo WAU, é provável que eles já fossem predadores antes da IA os tornarem mais perigosos.


Leviathan
Leviathan

Uma lula gigante foi submetida a mutação de WAU pelo vazamento do gel estrutural, sua camada e os tentáculos são cobertos com tumores chapeados e tem muitos receptores brilhantes azuis de WAU em seu corpo. Além disso na frente da criatura mandíbulas se desenvolveram de forma anormal..

Ele perseguirá o jogar no caminho da Arma Espacial Ômega, assim como outras criaturas abissais ele não irá se aproximar de fontes luminosas e tentará arrastar Simon causando pouco dano. Quando Simon se aproximar da arma a criatura irá atacar independente da luz

Algumas dúvidas com respostas sobre o WAU

Por que WAU matou alguns dos poucos humanos que permaneceram na PATHOS-2?

Ele não tinha escolha, no entanto, porque parecido com a ação de WAU na prevenção das pessoas de cometerem suicídio em Theta, ele teve que tomar medidas para evitar que os seres humanos destruíssem todas as consciências armazenadas dentro dele e, finalmente, condenando a humanidade por destruí-lo.

Por que WAU recusa-se a desligar os seres humanos que se tornam monstros?

WAU nunca irá desligar qualquer desses seres ativados, a menos que não tenha escolha. Não importa o quão demente, ou insano, ou aleijado possa ser, WAU considera tão humano quanto qualquer outro humano normal e só irá matar alguém caso seja absolutamente necessário.


Irei traduzir os itens de documentação de SOMA, são parecidos com dos SCPs, mas são bem menos em quantidade e possuem vídeos com atores (clique, aqui)

Gostaria muito de discutir com aqueles que jogaram e conversar sobre a escolha que fizeram.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS