quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Primeiro Lar

Eu estou tremendo de frio, meu irmão saiu de casa para brincar no bosque e até agora não voltou.

Eu estou caminhando entre as arvores, está escurecendo rápido, tudo a minha volta parece morto, o clima é sombrio.

Os ventos que passam entre as árvores parecem sussurros, à medida que caminho pelo bosque fica mais frio.

Eu acabei de ouvir o grito do meu irmão, estou indo em direção á ele.

Minhas pernas estão fracas, mas eu ainda posso correr.

Acabei de encontrar meu irmão, ele está parado em cima de uma pedra.

Ele está olhando para o céu, é como se estivesse hipnotizado.

.- Charlie, o que está acontecendo? Fala comigo! 
Charlie. – Eles vieram me buscar Sam, eles estão aqui. 
Sam. -  Quem? Quem está aqui? 
Charlie. – Olhe para cima. 

Lentamente levanto a minha cabeça e direciono minha visão para o céu, mal posso acreditar no que estou vendo.

Uma esfera enorme está acima de nós, ela gira devagar e ao redor dela há mais quatro esferas pequenas, não há janelas, luzes e nem um tipo de som.

Sinto meu corpo levitar, eu não quero acreditar, mas acho que estamos sendo abduzidos.

Nesse momento eu quero acreditar que isso não passa de um sonho idiota.

Eu não consigo me mover, estamos entrando na esfera, meu Deus isso não pode ser verdade, isso não é real!

Meu corpo não está se mexendo, tudo o que posso fazer é observar um ser pálido, magro, usando um traje metálico reluzente e um capacete.

Ele colocou meu irmão numa maquina estranha, está sugando o sangue dele e colocando em tubos de ensaio.

Meu irmão parece ter desmaiado, e eu ainda não posso me mover e atacar aquele ser maldito!

Ele está levitando o meu corpo e me colocando em um tubo de metal, um traje foi colocado em mim, eu não sei o que ele pretende fazer comigo.

Enquanto o terror gela mais ainda o meu corpo, uma voz estranha entra na minha cabeça e diz: Em breve retornaremos ao nosso primeiro lar.

O tubo se abriu! Meu Deus, eu estou caindo!      
(Comente e Avalie, sua opinião é importante.) 
(Estrou tentando melhorar.)

Autor: Andrey Silva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS