domingo, 28 de dezembro de 2014

As ilhas mais assombradas do mundo.

Houve ilhas utilizadas pelos piratas para enterrarem os seus tesouros, outras foram usadas para isolar os presos, doentes mentais ou as vítimas da peste. Guerras e batalhas foram travadas em certas ilhas enquanto valas comuns e cemitérios indígenas foram encontradas em outras. Poderiam ser assombradas? Confira as ilhas mais assombradas da face da Terra.

Hart Island- Nova Iorque, EUA

Haunted_island


Hart Ilha A.K.A. "A ilha dos mortos" é administrada pelo Departamento de Correções de Nova Iorque, a menos que você seja um condenado, você não é autorizado a entrar na ilha. Até a imprensa não tem permissão de acessar, com á exceção de algumas visitas guiadas concedidas ao longo dos anos. Os familiares dos prisoneiros que morreram podem visitar o cemitério, porém acompanhados por algum oficial, e isso é desde que cumpram os requisitos rigorosos. A invasão da propriedade é punida com até dois anos de prisão! Isso, obviamente, não ajuda a dissipar os muitos mistérios que cercam esta pequena ilha famosa.

Enterros na ilha começaram durante a Guerra Civil Americana. Ela serviu como um campo de prisioneiros por quatro meses em 1865, durante no qual 3.413 soldados confederados foram capturados e alojados na ilha, 235 deles morreram no acampamento. A ilha, em seguida, serviu como um centro de quarentena quando a febre amarela atingiu Nova Iorque. Um manicômio para mulheres foi construído em 1885, que ainda está de pé até hoje. A ilha abrigava um reformatório para meninos inadimplentes. Durante a Segunda Guerra Mundial, a ilha foi entregue à Marinha para ser usada como um quartel disciplinar para Marinha, com até 2.800 militares sob custódia. Em várias vezes, o Departamento de Correções usou a ilha como prisão. A hospital para pacientes da tuberculose e um centro de reabilitação de drogas também foram operados na ilha.

Não é um lugar agrádavel, mas o que foi mencionado acima não é nada comparado ao "tempo de ouro" da ilha que aconteceu no final de 1800. "A ilha dos mortos", como é chamado frequentemente tem sido usada principalmente ao longo dos anos como uma lixeira para aqueles que não tiveram um enterro apropriado. Surpreendentemente, mais de 850.000 pessoas já foram enterrados em valas comuns nesta pequena ilha e o contador continua crescendo. A grande maioria das pessoas enterradas lá - despejadas em valas por detentos - morreram sozinhas, abandonadas ou os familiares e amigos não reclamaram pelo seu corpo. Alguns são desabrigados, doentes mentais, alcoólicos ou simplesmente muito pobres  para serem enterrados em qualquer outro lugar. Muitas são crianças e, em muitos casos, são órfãos. Não há cerimônias, apenas são despejados, sem muita decência ou dignidade. Não há dúvida de que esta ilha abriga muitas almas inquietas muito amargas para seguirem em frente. Com uma história tão escura e sombria, não é de admirar que muitos acreditam que esta ilha a ser extremamente mal assombrada. Infelizmente (ou felizmente) para a grande maioria de nós, nós nunca iremos entrar na ilha - a menos que você se torne um detento da Rikers Island! São eles que enterram os corpos na Hart Island.

Para ver as fotos da ilha, clique aqui

9- Star Island- New Hampshire, USA


The Oceanic Hotel, Star Island


Star Island é uma das "Isles of Shoals", uma vez que o mais movimentado porto comercial do oceano Atlântico. A história de Star Island é bastante notável, já que envolve piratas e seus tesouros enterrados, talvez não seja surpreendente que algumas pessoas afirmem que a ilha seja assombrada.

Sarah O'Connor, a curandeira da ilha, foi entrevistada em um episódio do "TAPS" e ela descreveu em detalhes sobre as diferentes assombrações que ela e osoutros testemunharam nos vários edifícios da ilha.

Ela começou com o "Cottage E", uma casa de pescadores construída no início do ano de 1700. Na época da guerra revolucionária, um casal que vivia naquela casa teve uma criança que caiu de um penhasco na ilha e morreu tragicamente. Muitas pessoas que ficaram na casa relataram que foram empurradas para baixo das escadas enquanto sentiam mãos pequenas em seus tornozelos e costas. Outra casa mencionada foi a 'Vaughn Cottage ", que é agora é um museu da ilha. A própria curandeira tem um escritório lá e ela mencionou as ouve pessoas brincando no andar de baixo e passos no sotão. Ela também falou sobre um cofre trancado que, às vezes, se abre e fecha por si só. Outro edifício assombrado mencionado é a "Doctor's Cottage". Há 40 anos, o médico e sua esposa se suicidaram usando um coquetel de pílulas. Na manhã seguinte, ele estava morto, mas ela ainda estava viva. Justina Maji, uma empregada, afirma ter visto a figura de um homem de que entrava dentro do quarto e depois atravessava a parede. Ela também disse que seu amigo que ficou no mesmo quarto, há alguns anos atrás descreveu a mesma coisa. Então você tem o edifício mais antigo da ilha, o "Oceanic Hotel". Uma ex-empregada, Jennifer Cook, disse que uma noite ela acordou abruptamente por sons de várias portas que se abriam e se fechavam. O 4º andar é dito ser a parte mais assombrada do hotel e os hóspedes e funcionários relatam frequentemente sons de móveis se arrastando no sotão.

Entre outros lugares assombrados na Star Island, a capela vale uma visita, uma vez que tem sido a fonte de vários avistamentos de fantasma. Muitos relatam ouvirem alguém cantando e avistamento de pessoas dentro da capela através das janelas, mas quando alguém vai verificar, a capela está vazia. Outro avistamento frequente é das três jovens irmãs que morreram em 1863 dentro de um pequeno intervalo de semanas. As pessoas têm relatado vê-las brincando perto de seus túmulos. Navios fantasmas são avistados frenquentemente, e um cão preto com olhos vermelhos que desaparece quando você chega perto dele.

Isla de Las Munecas, Xochimilco, México


Island of creepy dolls


Isla de Las Munecas aka "A Ilha das Bonecas" está situado em Xochimilco, no México, no coração dos antigos canais astecas. Na década de 1950, um homem chamado Don Julian Santana Barrera fez a pequena ilha sua casa. Logo após sua chegada, ele relatou ter ouvido a voz de uma menina que se dizia ter previamente se afogado enquanto brincava com seus dois amigos. É depois dessa experiência terrível que Don Julian começou a trazer bonecas para a ilha, pendurando-as em cada árvore á sua vista para apaziguar o fantasma da jovem e, possivelmente, alguns antigos espíritos malignos que vagam pelo canal. Os moradores afirmam que ao longo do tempo, as bonecas ficaram carregadas de energia paranormal da menina e muitos que passam pela ilha à noite vêm as bonecas moverem e sussurrarem.

haunted Doll
Josh Gates e a boneca
Em 2001, o cuidador da ilha, Don Julian, foi encontrado morto, de bruços na água, no mesmo local em que a menina se afogou. Os moradores afirmam que seu espírito agora assombra o lugar. Um investigador paranormal chamado Don Medez, disse que Don Julian ficava dizendo a seu sobrinho que ouvia vozes e cantorias vindo das águas, chamando-o, mas ele estava muito assustado para ir. Seu sobrinho, Anastasio Valasquez, que retomou a ilha, afirmou ter visto em plena luz do dia, as cabeças das bonecas se moverem. Ainda de acordo com Anastasio, é prudente trazer uma boneca se você visitar a ilha para apaziguar os espíritos da ilha. Assim que uma boneca é trazida para a ilha, ele diz, que ela irá se conectar com as outras.

Um programa de televisão chamado "Destination Truth", visitou a ilha e um dos integrantes da equipe chamado "Josh Gates" testemunhou uma das bonecas piscar o olho esquerdo.

Deadman's Island

deadman's island

Deadman's Island está localizado no Porto de Vancouver, Canadá. Descoberto em 1862 por John Morton, a ilha era um cemitério dos indíginas Squamish. Morton encontrou centenas de caixas de cedro vermelhas penduradas nos altos das árvores, um tinha caido e revelado um esqueleto dentro. A ilha foi considerada um "terreno morto" pelos nativos, batalhas sangrentas ocorreram entre as tribos rivais no qual mais de 200 guerreiros foram mortos. Muitas mulheres, crianças e anciãos que eram reféns pela tribo Salish Sul foram abatidas durante as guerras. Settlers continuou a usar a ilha como um cemitério e entre 1888 e 1892, tornou-se um local de quarentena para vítimas de uma epidemia de varíola e um cemitério para aqueles que não sobreviveram a doença. Em 1942, o governo federal deu a ilha para a marinha e um ano mais tarde, tornou-se e ainda continua a ser o local do HMCS Discovery, uma reserva da marinha canadense real. Com uma história tão horrível, a ilha é considerada muito assombrada com sua primeira assombração documentada em 1909.

deadman's island Vancouver
Edificio No.1
A primeira assombração documentada foi relatada em 1909 durante uma disputa de madeireiros. O polícial que ocupou a ilha uma noite para manter os madeireiros na baía disse ter ouvido o barulho de ossos e esqueletos, que ameaçavam assombrar qualquer um que cortasse as árvores da ilha.

Muitos reservistas afirmam terem ouvido vozes, passos e outros sons da atividade, que não vinham de uma fonte aparente. De acordo com reservistas atuais, pelo menos um membro da divisão afirma ter visto uma aparição, enquanto outro disse que sentiu uma mão em seu ombro, enquanto trabalhava sozinho no prédio de tijolos, conhecido como Edifício No. 1, onde a maioria das experiências acontecem.

Corregidor Island- Manila Bay, Philippines

Corregidor Island Haunted

Corregidor Island está localizada na entrada da baía de Manila, nas Filipinas. Os espanhóis ocuparam a ilha em 1570, até 1898, quando foi capturada pelos americanos durante a Guerra Hispano Americana. Servindo como uma linha de defesa primária e uma prisão durante a ocupação espanhola, a ilha foi então fortificada pelos americanos e tornou-se uma fortaleza militar durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1941, depois que os japoneses atacaram Pearl Harbor, eles atacaram Corregidor. No dia 6 de maio de 1942, os americanos oprimidos se renderam para os japoneses. Cerca de 900 japoneses e 800 americanos morreram durante o que é chamado de "Corregidor Battle". Após sua derrota, mais de 3.000 soldados filipinos e americanos foram mantidos reféns, e foram torturados. Mas em 1945, os americanos voltaram e tentaram retomar a ilha. Durante esta guerra sangrenta chamado de "Battle for the Recapture of Corregidor", mais de 1.000 soldados americanos morreram enquanto 6.650 soldados japoneses perderam suas vidas. Estima-se que mais de 3.000 soldados japoneses morreram por conta de suicídio, preferindo essa opção do que se render.

Malinta Tunnel, aonde aconteceu parte dos suicídios agora é aberta ao público e para os corajosos, e há um tour fantasma onde você equipado com uma lanterna e uma câmera,  tenta capturar os fantasmas no complexo de túneis. Enquanto o Malinta Tunnel é conhecido como o local mais assombrado da ilha, as ruínas do hospital e os antigos bunkers são também assombrados.

Eis abaixo uma foto tirada no complexo mostrando claramente uma (cabra?) cabeça assustadora olhando para a menina da direita

Corregidor Island Ghost

Análises foram feitas e nenhum sinal de edição foi encontrada na foto

Nulfok Island- Território da Ilha Norfolk, Austrália

Norfolk Island jail

Norfolk Island é uma pequena ilha situada no Oceano Pacífico e parte do territórios da Austrália. Ela está localizada 877 milhas ao leste do continente. Devido à sua localização remota, foi usada pelo governo britânico, a partir de 1824, como um local de despejo para os piores criminosos. Milhares de presos terminaram na pequena ilha que foi descrita na época como "inferno na terra". Por causa de sua reputação, a ilha tornou-se rapidamente uma colônia penal para os mais notórios da Grã-Bretanha. Torturas, assassinatos e estupros não eram incomuns em uma ilha onde os guardas eram conhecidos por serem cruéis.

Uma série documental australiana chamada 'THE EXTRAORDINARY  " fez uma peça na Ilha Norfolk, em meados da década de 90 e entrevistou muitos dos seus moradores sobre as assombrações. Uma senhora que viveu na ilha por 50 anos mencionou que, pelo menos, 50% da população, o que era um pouco acima de 2000, na época, tinha visto ou ouvido um fantasma. Mesmo o seu mais famoso morador, o autor aclamado Colleen McCullough teve vários encontros com fantasmas - em sua própria casa. 

O documentário em Inglês.









Isle of Wight- Inglaterra

Isle of Wight Carisbrooke Castle


A Ilha de Wight, que está fora da costa sul da Inglaterra, é conhecida por seus fantasmas e é, sem dúvida, a ilha mais assombrada da Grã-Bretanha. Muitos apontam as "linhas de Ley" como a principal razão para as atividades paranormais. É dito que a energia da Terra viaja em padrões geométricos através das "linhas de Ley" ou "linhas de energia".

Alguns dos lugares mais assombrados da Ilha são:

Arreton Manor
Billingham Manor
Bouldnor - Off coast
Capricorn Club
Carisbrooke Castle
Battery Road
Sir Max Aitken Museum, The Prospect
Tree in Northwood Park
Shooters Hill
Yorkies Cafe
Knighton Gorges
Dunnose Point - Off coast
Vittlefields crossroads
Ventnor Botanic Gardens
Clifford Street
Nodes Point - Holiday Park
Solent Inn, Monkton Steer
Vectis Monster

isle of wight Brading church and graveyard

Dois dos locais mais assombrados da ilha são Ventnor Botanic Gardens e Knighton Gorges. Muitos pacientes da tuberculose morreram no Old Royal National Hospital, que ficava onde o Botanic Garden se encontra hoje, seus fantasmas são vistos frequentemente enquanto o seus choros e gemidos são ouvidos. O local mais assombrada é dito ser Knighton Gorges, Newchurch. A casa foi marcada para a demolição em 1821, mas há vários relatos de pessoas que testemunharam a casa reaparecendo na véspera de Ano Novo junto com criaturas sobrenaturais de pedra.

Okinawa Island- Japão

Okinawa cliffs

Muitos moradores de Okinawa afirmam que a ilha é muito mal-assombrada.

Cerca de 400 quilômetros ao sul do Japão, Okinawa foi o local de um derramamento de sangue maciço durante os últimos meses da Segunda Guerra Mundial. Invadido pelos americanos, em uma tentativa de assumir o controle do que se tornaria então uma plataforma de lançamento para ataques aéreos sobre o Japão, a batalha durou 82 dias e acabou custando a vida de mais de 12.500 americanos e 95.000 soldados japoneses - que n inclui os milhares que morreram nas cavernas fechadas pelos americanos. Por causa do medo de serem torturados pelos americanos e para evitar a desonra, milhares de soldados e civis japoneses cometeram suicídio. No dia 4 de Junho de 1945, os americanos lançaram um ataque anfíbio na Península Oroku e em 13 de junho, 4.000 marinheiros japoneses cometeram suicídio dentro dos túneis de sua sede Naval subterrânea. Com essa quantidade de mortes violentas e sofrimento não é de admirar que Okinawa é acreditado ser um dos lugares mais assombrados do mundo.

Building 404

Situado na base da força aérea de Kadena, era um necrotério durante a Segunda Guerra Mundial, agora abriga o escritório de Relações Públicas. Barulhos de coisas se arrastando, objetos em movimento e figuras escuras têm sido vistas ou ouvidas.

Building 2283

Atrás da "United Service Organization on Kadena Air Base", uma pequena casa contém uma história muito obscura. Rumores de que teria sido construída em cima de uma antiga câmara mortuária de Okinawa. Em 1970 a casa foi cenário de uma tragédia familiar horrível. É dito que um militar matou toda a sua família, e em seguida cometeu suicído. Dizem que alguns anos mais tarde, uma tragédia semelhante se repetiu. A família seguinte que morou na casa relatou que experimentaram fenômenos estranhos, pouco tempo depois o pai ,esfaqueou e matou a família inteira. A pequena casa foi então convertido em um galpão de armazenamento, mas a reputação paranormal do lugar só cresceu. Passantes relataram ouvirem gritos, risos de crianças e até mesmo um brilho estranho vindo da casa. Depois que a USO parou de usar o pequeno prédio para fins de armazenamento, os planos para derrubar o prédio foram suspensas, por muitos anos, trabalhadores contratados sofreram lesões e alucinações após entrarem na casa. Parece que o prédio foi demolido em 2009, mas até hoje, atividades paranormais estão sendo relatadas no local

Segue relato de uma esposa de um militar

"Uma das coisas mais perturbadoras para mim é que a creche é bem próxima ao local e os professores se queixam que as crianças no playground jogam brinquedos por cima da cerca, porque "as crianças pequenas do outro lado estão pedindo ". Nenhum dos professores foram capazes ver as outras crianças."


The Bazely Towers

Novamente localizado na Base da Força Aérea de Kadena, as torres são conhecidas por sere assombradas. Moradores relataram luzes e aparelhos ligando e desligando e uma entidade escura é dita aterrorizar alguns moradores.

Hospital Hill

Temendo seemr torturados pelos americanos, 17 enfermeiros japoneses cometeram suicídio usando granadas em uma caverna na parte superior é chamada de 'Hospital Hill'. A caverna é acessível ao público e você ainda pode ver marcas de queimadura nas paredes da caverna.

Suicide Cliffs


Milhares de soldados e civis japoneses cometeram suicídio por medo de serem capturados, torturados e mortos. Eles foram encorajados a se matarem por generais que disseram que era a coisa mais digna a fazer, em vez de se entregar. Muitos optaram por cometer suicídio pulando dos penhacos Enquanto isso acontecia por toda a ilha foi em torno de Itoman, o local de algumas batalhas sangrentas durante a Segunda Guerra Mundial, que os "fantasmas saltadores" foram mais avistados. Pessoas também relataram terem visto faces fantasmágoricas nas ondas.

Hunted Hotel

Possivelmente o local assombrado mais conhecido e popular em Okinawa é o 'Haunted Hotel' em Nakagusuku. No início dos anos 70, um empresário de Okinawa foi avisado pelos moradores locais que o terreno sobre o qual ele estava planejando construir um hotel foi considerado solo sagrado. Apenas 50 metros das ruínas do castelo Nakagusuku. Ignorando os avisos, o empresário foi adiante com a construção. Enquanto o hotel estava sendo construído, vários trabalhadores morreram acidentalmente e não muito tempo depois, todo o projeto foi abandonado depois que os trabalhadores simplesmente se recusaram a continuar seu trabalho. O empresário foi à falência, mas o hotel permanece ... vazio, inacabado, abandonado e assombrado! É dito que um monge está vivendo nas ruinas do hotel e que ele construiu um altar dedicado aos espíritos.

Poveglia Island- Essex, Inglaterra, Itália'


Poveglia Island


Poveglia, situada na Lagoa de Veneza, é muitas vezes descrita como sendo um dos ponto mais assombrados na Terra, é provável que seja a ilha mais assombrado do mundo!

Para uma ilha tão pequena, Poveglia teve uma história muito tumultuada. Seus primeiros moradores chegaram em 421 d.C, depois de tentarem escapar das invasões bárbaras de Veneza e em torno do século 9, a pequena ilha se tornou densamente povoada e cresceu em importância. Ela mais tarde se tornou o relvado de muitas guerras que foram travadas contra os bárbaros e enquanto várias eram ganhas, os moradores da Poveglia foram deslocados permanentemente em 1379 pelo governo Veneziano para que pudessem fortalecer e usar a ilha para combater os ataques dos genoveses.

Quando a peste bubônica atingiu Veneza, em 1348, Lazzarettos (estações de quarentena) foram estabelecidas em muitas pequenas ilhas, incluindo Poveglia em uma tentativa de conter a pandemia. A Peste Negra revisitou a Veneza, em 1462, 1485, 1506, 1575-1577 e 1629-1631. O surto de 1629-1631 acabou sendo a mais mortal com uma estimativa de 80.000 mortes em apenas 17 meses. As ilhas vizinhas de Veneza foram se tornando locais de despejo, onde as vítimas eram jogadas em covas em massa. Aqueles que simplesmente manifestavam os sintomas não tinham muito sorte já que eles eram mandados para Poveglia e forçados a esperar pela sua morte - alguns foram queimados vivos. Além de Poveglia, duas outras ilhas foram utilizadas para fins de quarentena e aterros - Lazzaretto Vecchio e Lazzaretto Nuovo. Embora essas duas ilhas foram amplamente exploradas e pesquisadas por arqueólogos, Poveglia ainda é mistérisosa, grande parte de sua área não foi explorada, aparentemente abandonada, enquanto as covas em massa ainda estão desconhecidas.

Até o início do século 20, Poveglia foi usada como uma estação de quarentena e, em 1922, os edifícios existentes foram transformados em um hospital para os doentes mentais de Veneza. A lenda conta que um médico que trabalhava no asilo cometeu todos os tipos de atrocidades contra seus pacientes antes de ficar "louco" e se matar pulando da torre do relógio. É dito que ele sobreviveu à queda, mas foi estrangulado por uma névoa fantasmagórica.

Haunted Poveglia

Segue relato de uma garota local chamada Mattia.


"Sim, meu nome é Mattia, eu moro em uma cidade perto de Veneza (Marghera) e eu tinha ouvido falar da lenda que envolve Poveglia, em que as pessoas com a Peste Negra eram transportadas para lá... Ouvi dizer que eles também trouxeram suspeitos de terem contraído a doença, mesmo que às vezes a pessoa nem tinha contraido. anos mais tarde, a lenda fala de estranhos fenômenos que ocorrem na ilha por isso, eu e alguns amigos fomos de barco para visitar esta ilha no início, tinhamos encontrado restos de esqueletos humanos, ao ar livre ficamos lá até a tarde da noite, e toda a "viagem" eu acho que eu estava sendo observada, nós ouviamos uns gritos abafados, e viamos os sinos da torre se movendo para estas razões ficamos assustados e não ficamos por lá muito tempo, mas um dia eu gostaria de voltar para entender o que acontece por lá..."

Para vê as fotos da ilha, clique aqui

Traduzido e pesquisado: The Paranormal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS