domingo, 16 de novembro de 2014

RELATO DOS LEITORES #22

Quando era criança morei em uma casa por vários anos, mas com um tempo comecei a perceber
coisas sobrenaturais que aconteciam quando ia dormir. Sempre durmo tarde, e tenho sono leve e qualquer ruído me faz acordar. Vou contar para vocês um relato que aconteceu comigo e até hoje não esqueci.

Em uma noite acordei ouvindo alguns passos que vinham da cozinha até meu quarto, fiquei meio assustada porque não sabia quem era que estava andando a essa hora da noite na cozinha, eu dormia com meu irmão no mesmo quarto e nesse dia estava na rede e ele em outra meio distante de mim. Aqueles passos começaram a chegar, mas perto da minha rede, parecia uma pessoa usando botas fazia um barulho esquisito e logo aí percebi que não era ninguém da minha família, mas algo além...

Muito pavorosa e assustada fiquei parada sem me mover por que estava com muito medo que aquilo me fizesse mal, aí então meu irmão dormindo começa a se mexer e aquilo corre bem rápido pra perto dele e fica parado lá, nesse momento tenso morri de medo, começava me tremer muito. Fiquei pensando se aquela coisa iria fazer mal ao meu irmão, foi então que comecei a me mexer e aquela coisa correu pra muito perto de mim e ficou parado, imediatamente fechei os olhos e não me movi mais e fiquei parado até aquilo ir embora, mas sentia que aquilo não iria ficar longe por muito tempo, então eu tomei coragem e levantei da rede para olhar ao redor, e por incrível que pareça: não vi nada.

Fiquei confusa eu sabia que não estava ficando louca, por que sei o que ouvi, sei que foi real! Mas então olhei debaixo da rede e foi aí que vi algo muito estranho e assustador: ví um círculo preto girando em baixo da rede e não parava de girar, ficava girando, girando... Então assustada deitei e fechei os olhos novamente. Nesse momento senti alguém passar a mão na minha face, abri os olhos e não tinha ninguém.

Resolvi chamar meus pais, e quando gritei por eles algo novamente aconteceu, não conseguia gritar tentava gritar bem alto, mas minha voz saia muito baixa, como se eu estivesse numa sala com isolamento acústico me impedindo de gritar por ajuda... Logo percebi que aquela coisa não queria que ninguém soubesse que estava acontecendo e então me calei e na minha frente apareceu uma mão, estava meio escuro, mas dava para ver que era uma mão, e ela vinha de encontro ao meu rosto. Não pensei duas vezes e mordi, e de repente a mão se dissolveu como se fosse areia.

Fiquei mais apavorada ainda, escutava meu coração batendo rápido, tentei respirar e me acalmar, mas era impossível com aquilo me perturbando. Lembro bem que essa coisa sobrenatural sumia quando amanhecia e tudo ficava, mais calmo. Meu pai nunca acreditou nesse relato por eu ser uma criança, ele achava que era coisa da minha cabeça, mas só eu sei o que eu passei.

Muitas dessas coisas acontecem sempre quando estamos sozinhos por que assim é impossível que outras pessoas acreditem. Só quem entende e acredita é quem passou por algo parecido...

L.Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS