terça-feira, 21 de outubro de 2014

A Flor

(São Paulo)

Tudo estava calmo, a rua estava deserta e estava meio escuro.

Um casal de namorados voltava pra casa quando uma menina gritou no fim da rua.

Eles decidiram correr pra ajudar, mas chegando lá ela havia sumido e tudo o que tinha no local era uma rosa branca.

Clara. – Amor, vamos pra casa eu estou com medo.
Marcos. – Vamos, eu também estou com medo.

Sem que clara percebesse ele pega a rosa do chão e esconde na sacola.

Chegando em casa Clara vai até o banheiro tomar um banho e Marcos fica no quarto olhando fixamente para a rosa.

Depois de alguns minutos Clara saí do banheiro e entra no quarto.

Marcos. – Clara, eu tenho uma surpresa pra você.
Clara. – O que é? Você sabe que eu não gosto de surpresas.

Marcos esconde atrás dele a rosa e em seguida entrega para Clara que fica surpresa e ao mesmo tempo assustada.

Clara. – Eu não acredito que você trouxe isso pra dentro de casa!
Marcos. – Relaxa amor, é só uma rosa. Que mal poderia fazer?
Clara. – Tudo bem, coloca ela num vaso com água e vamos dormir.

No dia seguinte eles resolvem fazer um passeio na estrada, o caminho é meio esburacado e eles tem um pouco de dificuldade.

Clara. – Marcos eu acho melhor a gente voltar, a estrada está muito perigosa.

Marcos decide voltar, ele dá o retorno, acelera e em seguida olha pelo retrovisor interno.

Ao olhar ele vê a menina que segurava a rosa na noite passada.

Assustado ele perde a direção e eles sofrem um grave acidente.

Quando a ambulância chegou até o local, o casal estava morto, os corpos completamente cheios de ferimentos.

Mas o mais curioso é que eles estavam de mãos dadas segurando uma rosa branca que estava intacta.

Algumas pessoas dizem que no aniversário de morte do casal, uma menina de aproximadamente 12 anos deixa uma rosa branca em cima do túmulo do casal.

(Comente)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS