segunda-feira, 14 de julho de 2014

RELATO DOS LEITORES #20

Olá pessoal do Medo Sensitivo, não sei se lembram de mim mas já contei para vocês dois relatos ano passado, me chamo Mari e hoje estou com 14 anos, mas quando ocorreu ainda tinha 13. Foi no finalzinho do ano passado, talvez novembro, dezembro, não me lembro muito bem. Mas sei que desta vez isso me assustou muito mais do que das outras duas vezes que contei para vocês...

Tenho o hábito de dormir de madrugada, umas 2, 3, 4 enfim, da manhã, fico acordada conversando com amigos e vendo televisão, e eu não leio a bíblia, não sou uma pessoa que tem fé e na verdade não sei se Deus existe, mas confesso que ultimamente eu estou começando a questionar um pouco certas coisas. Mas voltando ao relato, tinha acabado de dar tchau para um amigo que eu conversava por mensagens e estava prestes a dormir e me lembro que eu vi as horas e eram três e pouco, ok, me deitei e desliguei a televisão e -aqui dormimos com tudo escuro, nenhuma luz sequer - logo que me deitei me virei para a parede como sempre faço.

Logo que adormeci comecei a ouvir barulhos em cima da casa, nem me importei muito pois já me acostumei com o fato de essa casa ser barulhenta de noite, mas então os barulhos aumentaram e "desceram" aqui para baixo, tentei não me assustar, mas então abri os olhos e alguém acendeu e apagou em um piscar de olhos a luz do banheiro (o banheiro é do lado do meu quarto) e não podia ser meus pais, pois foi algo super rápido, questão de segundos e a luz do banheiro nunca deu problema algum.

E então pude ouvir claramente algo/alguém andando pelo corredor pra lá e pra cá, gelei na hora e fiquei com os olhos abertos sem me mexer, e depois de um tempo andando pelo corredor, senti alguém parando na porta do meu quarto e me observando, senti a presença de alguém e o mais assustador: eu OUVI a respiração de alguém, era muito estranho pois os passos que eu ouvi no corredor eram "leves", e depois de uns segundos essa coisa saiu do meu quarto e acho que foi embora, depois de muito tempo dormi. No dia seguinte contei para meus pais e minha mãe disse que não foi ao banheiro, dormiu direto. E meu pai disse que foi, mas na hora que ele foi era uma hora da manhã e eu estava acordada e além do mais ele não parou na porta do meu quarto.

Pesquisei sobre as três horas e me assustei um pouco, conversei com uma garota que é espírita e ela disse que acha que era sim um espirito, bem, se era ou não, não sei e não quero descobrir... Mas percebi algo: toda vez que começa esses barulhos aqui de noite, eu tento me manter o mais calma possível e então vai embora... O segredo é não ter medo, para mim é isso rs...

Tenho medo de que aconteça de novo, mas ao mesmo tempo curiosidade, sabe? Quero que aconteça, mas não quero... Enfim, é isso rs...

P.S.: Não era uma paralisia pois eu podia me mexer, falar e etc...

Enviado por: Mari Suicide

2 comentários:

  1. Não importa qual seja o seu problema mas a minha resposta sempre será a mesma isso e falta de sexo somente sexo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A menina tinha 14 anos, cara. Idade de jogar Habbo, naum de fazer sexo.

      Excluir

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS