terça-feira, 17 de junho de 2014

Retrovisor

Susan e Mary haviam combinado de ir a uma festa, mas no meio do caminho o carro quebrou e elas acabaram ficando no meio da estrada deserta.

Duas horas se passaram e nenhum carro passava por ali, os celulares estavam sem sinal e a cada minuto ficava mais frio.

Mary resolveu seguir a pé até um posto de gasolina que ficava próximo dali, enquanto Susan preferiu ficar no carro.      

Ao chegar ao posto não havia ninguém que trabalhasse lá, somente um morador de rua que estava deitado na calçada. Ela se aproximou dele pra pedir uma informação, mas ele não disse nada. 

Mary olhou para o saco que estava ao lado dele, parecia uma trouxa de roupas, mas escorria um liquido vermelho de dentro parecido com sangue. Ela achou melhor voltar para o carro e ver como Susan estava.

Ao chegar lá, ela não estava no carro, Mary ficou desesperada, não sabia o que fazer. Então ela resolveu ligar o carro que para sua surpresa voltou a funcionar. Ela seguiu de volta até o posto de gasolina e ao chegar não encontrou mais ninguém, somente o saco por onde escorria um líquido vermelho.

Ela se aproxima e abre o saco, e o que ela encontra é o corpo do morador de rua esquartejado.

Assustada, Mary corre para dentro do carro, mas ao olhar para o retrovisor interno ela vê Susan segurando um machado no banco de trás. Semanas depois o carro foi encontrado na beira da estrada com os corpos das vitimas dentro do porta-malas.


Susan nunca foi encontrada.


Autor: Andrey Slv. 

Um comentário:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS