sábado, 3 de maio de 2014

O Juramento Maldito

Uma garota de 17 anos chamada Laura adorava tirar fotos no espelho, ela passava a maior parte do seu tempo tirando fotos e postando em seu Facebook. 

Ela era uma garota bonita e umas das mais populares de sua escola.

Até que um dia ela escorregou e deu de cara no espelho. Os cacos cortaram o seu rosto fazendo com que ela ficasse totalmente desfigurada. 

Depois de algumas semanas ela já não aguentava mais a dor e a perda de sua beleza. 

Numa noite enquanto seus pais dormiam, ela resolveu se jogar pela janela, mas antes de se matar ela jurou que seu nome seria lembrado.

Depois do ocorrido a mãe de Laura (Rita) entrou em depressão e pediu para o seu marido (Marcos) que ele cobrisse todos os espelhos da casa. Ela acreditava que podia ver o reflexo desfigurado de sua filha no espelho. 

Os anos passavam e os pais da garota estavam esgotados e tomados pela tristeza que parecia não passar nunca.

Numa noite de 21 de abril de 2009 enquanto sua esposa dormia, o pai de Laura foi até o quarto da filha e se enforcou. 

No dia seguinte Rita procurou Marcos por todos os cômodos da casa, quer dizer, quase todos. Ela foi até o fim do corredor onde ficava o quarto de sua filha. 

Ao entrar no quarto ela ficou imediatamente em estado de choque, seu marido também havia tirado a própria vida e já não restava mais ninguém que ele amasse em sua vida. 

Em um ato de desespero ela saiu quebrando todos os espelhos da casa. Finalmente quando restava o último espelho a ser quebrado, Rita ouve a voz de sua filha que diz:

Laura. -Não quebre o espelho mãe, se você quebrar jamais poderemos nos ver novamente. 
Laura. - Eu sinto tanto a sua falta mãe, posso te dar um abraço?
Rita. - Claro filha, mas como?
Laura. – Entre no espelho.

Tomada pela emoção, Rita entra no espelho, mas não encontra a sua filha. Ao olhar para trás ela vê sua filha com o rosto que tinha antes. Ela tenta chegar perto de sua filha, mas não consegue.

Laura diz: Desculpa mãe, eu precisava fazer isso.

Rita percebe algo estranho e aproxima as mãos de seu rosto, assim que ela toca percebe que ele está cheio de cicatrizes.

Ela pergunta o porquê de filha ter feito isso com ela, mas Laura desaparece deixando a sua mãe presa no espelho.

A casa hoje está abandonada e quem passa perto da casa afirma que pode ouvir a voz de uma mulher chamando aos berros o nome Laura. 

No final de tudo Laura conseguiu que seu nome fosse lembrado pra sempre.  

Autor: Andrey Slv. (Espero que vocês tenham gostado.) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS