terça-feira, 1 de abril de 2014

Mundo Sombrio


(Antes de ler, dê play no vídeo.)

Eu e meu irmão costumávamos brincar perto do rio todas as tardes, jogávamos bola e depois íamos nos refrescar na água turva do rio. Um dia o meu irmão Paulo chutou a bola pra longe e ela foi parar perto de um buraco.

Decidimos ir até lá, quando chegamos ficamos curiosos e resolvemos ver até onde aquela passagem iria dar.

Era escuro, frio e o silêncio que fazia era assustador.

Em baixo daquele enorme rio havia uma cratera enorme cheia de passagens, e no centro dela havia um buraco gigante e escuro, parecia não ter fim.

O meu irmão se desequilibrou a acabou caindo, eu tentei ajudar, mas alguma coisa o puxou pra baixo. Era horrível ouvir os seus gritos e não poder fazer nada.

Logo as criaturas começaram a sair daquelas passagens nas paredes, eram parecidas com humanos, tinham a pele escamada e garras compridas.

Elas apenas me observavam como se estivessem se preparando para qualquer passo em falso que eu desse.
Sabe, eu ainda estou parado aqui, se eu me mexer elas irão me matar. Essas criaturas vivem na escuridão, nem humanas devem ser.

Se eu fosse você pararia nesse exato momento e não olharia para trás e nem de baixo da sua cama. Elas gostam de observar cada passo que você dá, e se um dia você se descuidar elas irão te pegar também.

-Fale baixo, elas estão aqui.

4 comentários:

  1. To encostada na parede e minha cama é fechada por baixo,então…?
    Ah, tem as coisas pra ajustar: havia(faltou o h), silêncio(você escreveu "e o silencioso que fazia) e no 7° parágrafo está faço em vez de falso. Sem ofensas,obviamente, pois o texto ficou ótimo! :D

    ResponderExcluir
  2. Estava apressado quando escrevi, obrigado pelas observações. Sinceramente eu não sei qual o seu problema comigo, tenho reparado que você sempre dá um jeito de criticar as minhas postagens. Bom..seja lá qual for o seu problema, eu não me importo. Abraço e boa sorte ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou criticando, sò falei que você errou uns detalhes mìnimos. A história tá ótima,mas se você entendeu como uma crítica e acha que eu devo ter algum problema contra você, então não posso fazer nada. Deixei claro que é sem ofensas, mas se isso o ofende, então só digo: perdão pelo ocorrido. Se preferir, eu me calo.

      Excluir
    2. Cara tu deveria ficar feliz... Ela esta lhe ajudando a melhorar e com certeza ela prestou bastante atenção em teu texto. E todo altor deveria aceitar qualquer tipo de critica de braços abertos... Já que é isso que nos faz crescer. Mas Tod... Você tem um pouco de talento para ser mal compreendida... Naquele meu post eu também lhe entendi errado... Mas admiro seu entusiasmo a mostrar os erros e tentar ajudar. Saiba que isso é muito bom! ;)

      Excluir

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS