quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Monstro centro-americano assusta Ucrânia

Apareceu na Ucrânia um chupa-cabra, a lendária criatura folclórica de origem centro-americana. Parece que as pragas provenientes da Mesoamérica - a pátria dos maias - continuam se espalhando por todo o mundo...


Se por acaso alguém não sabe, o chupa-cabra é uma criatura quadrúpede procedente do Porto Rico. Representa algo intermediário entre o cão e o coiote, tem caninos e o focinho de javali e caça animais domésticos para sugar seu sangue. Uma espécie sui generis de vampiro no reino animal. Claro está, não reconhecido pela zoologia oficial, de igual modo que Nessie e o Abominável Homem das Neves. Mas isso não o impede de perpetrar suas atrocidades.

Desta vez o monstro foi avistado nos Cárpatos Orientais, na vila montanhesa de Golyn, onde o vampiro vitimou coelhos de um ano, cuidadosamente guardados por seus donos. Não é o primeiro ano que a família dos Paraschak se dedica à criação de coelhos, mas tal sucedido em sua granja foi presenciado pela primeira vez.

Segundo a dona da granja, Lessia Paraschak, um animal desconhecido quebrou a mordeduras os ferrolhos das gaiolas e deixou todos os coelhos literalmente sem gota de sangue. O mais surpreendente e temorizador consiste em que os corpos dos animais mortos ficaram absolutamente íntegros. Quer dizer, a raposa ou o lobo nunca atacariam de forma similar.

Laima, o cão dos proprietários da granja, enorme pastor-do-cáucas o que já há sete anos vem vigiando coelhos, nem sequer acordou durante o ataque noturno, embora antes deste incidente não era raro que agarrava raposas e lobos desejosos de se deleitarem com animais domésticos. Laima sabe distinguir bem o cheiro dos predadores florestais e sempre começava a latir quando estes apenas apareciam nas proximidades. No entanto, aquela noite, não se sabe por quê razão, o pastor “guardou silêncio” deixando o assassino penetrar inadvertido na granja.

Já se registraram uma dezena de ataques a animais domésticos, em seis meses. O bicho misterioso caça na área que se estende a várias províncias da Ucrânia - as de Kiev, Lvov, Khmelnitsky, Ternopol e Tchernigov.

O zoólogo Dmitri Issonkin tentou explicar à Voz da Rússia porquê o chupa-cabra é nada mais que uma das lendas urbanas e quem na realidade pôde sugar o sangue de animais na Ucrânia:

“Naturalmente, todas essas estórias horripilantes sobre animais cujo sangue sugou um chupa-cabra misterioso, não são nada mais que narrativas artificialmente adaptadas a situações concretas por pessoas que, sejamos sinceros, não são muito cultas e letradas. Moradores das zonas rurais podem dizer chupa-cabra a qualquer cão calvo ou lobo doente que ataque suas crias. Sobretudo, quando ninguém tenha visto de perto o bicho raro, mas todos aqueles que “o viram” quase sempre não coincidem em seus depoimentos.

Via de regra, ataques similares a animais são protagonizados pelas espécies infectadas com raiva, especialmente em fase de hidrofobia, isto é, no auge da doença, quando se aguça bruscamente a sensibilidade aos fatores irritantes como a luz brilhante, diversos sons (por exemplo, as feras poderiam ser atraídas pelo barulho proveniente das jaulas) e a sede insaciável. As feras doentes se tornam extremadamente agressivas e violentas, e incluso podem se alucinar. Ou seja, podem agredir só por agredir, mas os corpos mortos de suas vítimas ficariam intactos”.

É difícil julgar se é certo ou não. Mas a verdade é que os ataques dos “vampiros animais” se tornaram mais frequentes na medida em que aumentou o número de focos de raiva na Ucrânia.

Conhecimentos científicos fidedignos que comprovarem a existência do chupa-cabra, não existem. Por outro lado, se verifica que muitos relatos de testemunhas oculares de que “não houve sinais da luta” ou de que “todo o sangue foi sugado até a última gota”, na realidade carecem de verdade.

Em instituições científicas de certos países estão estudando agora as “provas materias” que supostamente deixou essa criatura. No entanto, até o presente momento o chupa-cabra continua sendo nada mais que uma sanguessuga misteriosa das fábulas populares - fábula que mata...

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS