quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

As Garras

Um garoto que voltava do colégio decidiu cortar caminho pela mata pra chegar mais rápido em casa, porém ele não sabia que aquilo ia lhe fazer tão mal.

-Oi, eu não sei o que aconteceu comigo, eu estava voltando para casa e de repente tudo ficou escuro..

-Meus pais devem estar muito preocupados comigo, acho que estou perdido, espero achar o meu celular.

-Não sei o que me acertou, mas aquilo com certeza tinha garras já que a minha cabeça esta sangrando muito.

-Eu não conhecia essa outra parte da mata, aqui é estranho, os pássaros não cantam.

O garoto caminhou até um riacho, ele estava morto de sede. Foi quando ele ouviu passos e galhos quebrando.

Seu coração começava a bater cada vez mais forte, ele não sabia o que se aproximava dele. Ele pulou no riacho e mergulhou rapidamente.

Ele ouve vozes, alguém chama seu nome e parece a voz do pai dele.

O garoto se sentiu aliviado e mal podia esperar pra se reencontrar com seu pai, mas quando tentou voltar pra superfície, ele sentiu as mesmas garras que acertaram a sua cabeça o puxar para baixo.

A água era turva, não dava pra ver nada, então ele se agarrou num tronco velho pra tentar se salvar, mas fui inútil, a criatura era forte e ele já não tinha mais fôlego pra continuar lutando.

Então ele foi levado para o fundo do lago onde a criatura podia se alimentar de sua carne e beber o seu sangue.

Dias depois o pai do garoto voltou ao local e encontrou apenas uma mochila pendurada no tronco.

O garoto jamais foi encontrado e a criatura continua vagando na mata. O caso permanece sem solução.

Autor: Andrey Slv 

Um comentário:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS