sábado, 2 de novembro de 2013

Todos os monstros são humanos


Você sempre teve uma fobia ridícula de espelhos.

Isso nunca interferiu em sua vida antes, exceto de maneiras completamente inconsequentes. Você fechava seus olhos quando tentava invocar a Loira do Banheiro no Ensino Fundamental, corria diretamente por eles quando estava em um corredor escuro, coisas que qualquer pessoa dessa geração chamaria mais de hábito do que estranheza.

Numa noite, você está se preparando para sair com alguns amigos. Você se sente sujo, então decide começar a se arrumar em seu próprio apartamento, onde pode se limpar tranquilamente com seus próprios produtos. Todo mundo está reunido, tirando fotos e se divertindo, enquanto você decide dar uma lavada geral em seu rosto. Você olha rapidamente para ter certeza de que seus amigos não perceberam seu momento de hesitação, até que chega a hora de fechar seus olhos e esfregá-los em frente ao espelho.

A medida que lava seu rosto, seus olhos se abrem para encarar seu próprio reflexo olhando para você, o que não é incomum. O que é um pouco estranho, no entanto, é que quando você está prestes a sair, seu reflexo não faz o mesmo. Vocês olham fixamente um para o outro com os olhos arregalados, só esperando para ver o que acontece em seguida.

Você olha para seus amigos para se certificar que eles estão vendo tudo que está acontecendo. Seus sorrisos crescem cada vez mais, grandes demais para serem humanos. Seus olhos ficam pretos como carvão, e eles começam a andar em sua direção. Seu reflexo e o reflexo de seus amigos começam a gritar de medo. Seus amigos avançam em direção aos reflexos.

Você sempre soube que estava do lado errado...

À medida que seus olhos começavam a queimar de uma forma agradavelmente doentia, seu sorriso vai crescendo lentamente... até ficar grande... Muito grande.

Fonte: http://creepypastabrazil.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS