quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Os lugares mais assombrados do Japão

Muitos japoneses possuem uma crença elaborada em fantasmas com várias classificações e descrições, acreditam que todos os seres humanos têm uma alma ou espírito chamado Reikon.

Fantasmas são yurei, ou almas penadas, consistindo em espíritos de crianças, veteranos, mães e almas vingativas. Outros tipos de fantasmas incluem os fantasmas budistas conhecidos como Gaki ou Jikininki.
Se uma pessoa morre de forma súbita ou violenta, o Reikon se transforma em um yurei, que pode, então, atravessar a ponte de volta ao mundo físico.

O yurei tende a permanecer perto de onde morreu. Ele geralmente aparece entre as 2hs e 3hs da madrugada, que é como a meia-noite no mundo ocidental, uma hora encantada em que o véu entre o mundo dos mortos e dos vivos está levantado.

Muitos fantasmas japoneses estão conectados com campos de batalha e bases militares. Aqui estão alguns dos locais mais importantes.

Base Naval de Atsugi


Localizada a duas horas ao sul de Tóquio, a Base Naval Atsugi tem um passado secreto, que inclui o fato de que era uma Base dos aviões U-2 da CIA, e abrigou o U-2 que voou sobre a Rússia pilotado por Gary Powers na década de 1960. Em 1957, Lee Harvey Oswald, o assassino de John F. Kennedy, estava estacionado em Atsugi como operador de radar da Marinha.

É dito que o espírito de um jovem que vaga sem rumo de sala em sala assombra a base naval. Acredita-se que ele é o fantasma de um jovem marine que foi morto em um acidente de carro na década de 1960.

Atsugi: O hangar da Baía


Localizado do outro lado da base naval, o hangar está sobre um mais antigo que era usado pelos pilotos Kamikaze do Japão imperial. Ali, muitos pilotos se mataram depois da rendição final do Japão para as forças aliadas. Diz-se que as portas batem e olhos vermelhos fantasmagóricos flutuam.

Hospital de Campo-Prefeitura de Kanagawa 


Localizado na base militar chamada Sagami General Depot, este hospital tem sido palco de vários acontecimentos inexplicáveis. O prédio é pouco utilizado, mas os controles de segurança noturna revelam janelas levantadas e portas que haviam sido previamente trancadas, abertas. Muitos dos policiais militares que patrulham o edifício relataram ouvir alguém ou alguma coisa andando lá dentro.

Iwakuni-Quartel 1687, quarto 301


Há alguns anos atrás, um marine bêbado cometeu suicídio no quarto. Ele quebrou o espelho em um ataque de fúria e cortou os pulsos com um dos cacos de vidro.

Desde então, tem havido relatos de outros soldados que se encontravam no quarto que, por vezes, muito tarde da noite quando se olham no espelho, o marine morto olha de volta de algum lugar lá no fundo.


Hiroshima e Nagasaki


Não é nenhuma surpresa que estes dois locais da tragédia terrível, são assombrados por almas infelizes que morreram durante os ataques das bombas nucleares, no final da II Guerra Mundial. Vozes fantasmagóricas são ouvidas no crepúsculo chorando e gritando por socorro.


Okinawa: Campo Hansen-Portão nº 3


Depois do escurecer, um soldado cansado, com sangue por todo o corpo, e um cigarro na mão, pergunta ao sentinela no portão: "Tem fogo?" O sentinela diz que sim, e logo que o cigarro é aceso, o soldado desaparece.

Logo na estrada abaixo teria ocorrido em tempos remotos uma batalha de samurais. Dizem que a noite se pode ouvir os gemidos dos guerreiros feridos. Você pode acreditar ou não, mas o portão nº 3 do Campo Hansen está fechado por causa destes relatos assombrados.

Okinawa – Área de Armazenamento da Força Aérea dos Estados Unidos


A ilha inteira é assombrada, principalmente depois da Segunda Guerra Mundial. Um dos muitos locais assombrados está na área de Armazenamento de Munições em Kadena AB.
Em uma das estradas principais existe uma clareira pequena onde as pessoas param para pescar em um lago ou descansar.

É relatado que em algumas noites quando o tempo está nebuloso, as pessoas ouvem barulhos como batidas de pés no chão.

Então olham para o lago e veem um batalhão inteiro de soldados japoneses marchando na água. A pessoa é cercada por todos os soldados, que em seguida desaparecem.

Tóquio: Mansão Akasaka


Muitos convidados relataram ter visto espectros em pé ao lado de suas camas, névoa branca entrando pelas saídas de ar e mudanças bruscas de temperatura em seus quartos.

Alguns relataram a sensação de alguém acariciando suas cabeças enquanto dormiam, e uma pessoa afirmou que foi arrastada de sua cama para o outro lado da sala. Marcas de arranhões nas costas no dia seguinte, corroboraram a sua história.

Base Naval de Yokosuka: Túnel


Pensa-se que o fantasma desse túnel estreito, de mão única, que atravessa um monte é o de um guerreiro samurai que estava a caminho de vingar a morte de seu senhor, quando foi emboscado e morto no túnel.
Porque falhou em sua missão, ele não pode deixar o local de sua morte. Visões do samurai foram relatadas por motoristas e causaram vários acidentes no túnel no decorrer dos anos.

Mansão Himuro: Periferia de Tóquio


A Mansão Himuro foi o local de um assassinato familiar brutal e de sacrifícios. Muitos acontecimentos estranhos têm sido relatados próximo da antiga mansão, incluindo aparições de pessoas que lá viviam, marcas de mãos sangrentas e borrifos de sangue, que aparecem misteriosamente nas paredes.

Às vezes, uma menina pequena em um quimono é vista em uma das janelas. Para adicionar mais um mistério a mansão, ninguém sabe para que servem os vastos túneis abaixo dela.

Yokohama: O portão do meio em Ikego


O portão marca o lugar onde ficava um campo de concentração da Segunda Guerra Mundial. Aqui, milhares de chineses e coreanos foram obrigados a trabalhar para depois serem mortos pelo exército imperial japonês. Hoje ele serve como uma base militar dos E.U.A.

Há cinco incineradores no local e três portas que o separam da comunidade japonesa. No portão, os guardas de patrulha relatam ouvir vozes e passos, e descrevem a sensação de estar sendo observados por olhos invisíveis.

Uma visão recorrente refere-se a um soldado japonês da II Guerra Mundial em um uniforme marrom, sem pernas, flutuando entre as portas do meio e a de trás.

Estes incidentes são parte de um retrato muito maior, pois existem muito mais pontos assombrados no Japão. A maioria, mas não todos, datam da época da II Guerra Mundial.

Castelo de Himeji-Prefeitura de Hyogo


O Castelo Himeji é assombrado por numerosos soldados do Xogun, e conta a lenda que no poço Okiku, junto a torre Bizenmaru, existe o fantasma de uma criada executada ao ser acusada de roubo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS