quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A tumba do vampiro de Guadalajara


Diz a lenda que há muitos anos, um homem misterioso chegou a cidade de Guadalajara, México. O homem só vestia preto e saia de casa apenas à noite. Com a sua chegada começaram a acontecer coisas muito estranhas, animais apareciam mortos com um sinal muito particular - dois furos no pescoço - e seu sangue sugado até a última gota.

No começo as pessoas não deram muita atenção, porquê achavam que se tratava de uma praga ou infecção entre os animais, mas passado algum tempo começaram a encontrar cadáveres de jovens, que tinham o hábito de ficar na rua até de madrugada, com as mesmas características dos animais mortos. E isso começou a preocupar os demais habitantes.

Começou a rolar o boato de que havia um vampiro na cidade.

As pessoas temiam por suas vidas e de seus filhos. Então, um grupo de pessoas destemidas fizeram um plano para capturar a criatura da noite, tão previsível, sempre se alimentava perto da antiga praça de touros. Na noite seguinte as pessoas esconderam-se atrás de um arbusto, enquanto um permaneceu na rua como isca. E obtiveram sucesso! O vampiro apareceu e quando estava prestes a afundar suas presas no pescoço da vítima, o restante do grupo jogou uma rede sobre ele capturarando-o.

Um cigano disse que a única forma de matá-lo era perfurando seu coração com uma estaca de madeira verde e teriam de enterrar a criatura em um panteão. Eles o fizeram, cravaram uma estaca em seu coração e o levaram para o Panteão de Belém, onde colocaram numa laje de concreto bem espessa para certificar-se de que o vampiro não sairia de lá.

No dia seguinte, os cidadãos foram ver o túmulo do vampiro e ficaram surpresos ao ver que a estaca havia se transformado numa árvore gigante durante a noite e que para ela chegar até a superfície teve de romper o túmulo.

Quando a árvore quebrar completamente o túmulo, o vampiro renascerá para se fingar de todos os habitantes de Guadalajara, também dizem que se você cortar algumas raízes da árvore ou sua casca a árvore sangra.

"El vampiro del Panteón de Belén" é uma lenda muito famosa no Mexico. Guadalajara recebe muitos visitantes que desejam conhecer a tumba de perto. Os guias levam os turistas para um passeio "tranquilo" à noite - na quase plena escuridão - pelo cemitério que tem muitas outras histórias famosas de fantasmas, aparições e sons estranhos...

Lá mora um gatinho cinza simpático que dorme e passeia por entre os túmulos e dá muitos sustos em quem faz o passeio.


Fonte: http://kruela.ciberanika.com/

Um comentário:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS