sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A Casa

Iaê! Tudo bem? Um conto levemente baseado em uma historia que me contaram... Espero que gostem e boa leitura! :) ~Luan


Primeiro dia em minha nova casa, nova vida, novas experiências. Bem, era isso que eu esperava... Logo no primeiro dia soube de um rumor que circulava na rua, e era sobre a minha casa. Segundo os vizinhos a casa era assombrada e que, nela havia morrido muitas pessoas... As pessoas aumentam muito a historia. Pesquisei e apenas duas pessoas teriam morrido, era um homem de 27 anos e morava sozinho aqui com a empregada, que também morreu misteriosamente. Não dei bola, nada de estranho tinha acontecido em minha casa mesmo... Contratei uma empregada, ela era nova, tinha 24 anos e era universitária. Como ela não tinha a aonde ir, deixei-a ficar no quarto da antiga empregada da casa. Tudo começou depois da primeira noite da garota na casa. Logo após colocar o café da manha na mesa, ela me falou assustada que, tinha visto uma pessoa na porta do quarto dela e perguntou para mim, se tinha sido eu. Claro que falei não, afinal, não era eu mesmo, eu deveria estar dormindo, mas a garota não confiou muito em minhas palavras. Acho compreensível... Perguntei se ela acreditava em fantasmas, ela falou que sim, mas acreditava que eles não poderiam fazer nada com os vivos.

No segundo dia eu escutei respirações pesadas vindas do quarto da empregada. A primeira coisa que achei foi: ‘’Essa maldita mulher, trás um homem para dentro de minha casa e ainda não tenta diminuir a respiração para evitar que eu acorde... Mas que desrespeito!’’... Hilário a meu ver... Levantei-me e fui em direção ao quarto da garota, pensando em pega-la no fraga, mas quando eu entrei no quarto eu vi algo que eu nunca poderia imaginar... Sempre fui um cético, mas depois disso não sou tão alienado quanto antes... Ao abrir a porta bruscamente, vejo a Alice encolhida no canto da parede enrolada com o seu cobertor e uma mancha negra ao seu lado, me aproximo, ignorando a mancha negra, achava que era apenas o escuro... Quando peguei no cobertor, ele cai... Como se o ar estivesse o levitando antes... Dou um salto para trás e pasmo com a situação, vejo Alice chorando detrás da porta. As respirações pesadas, não paravam, ficavam cada vez mais e mais altas, o meu coração batia a mil. ‘’Como isso pode acontecer?’’, ‘’De onde vêem essas respirações?’’ e logo após ver varias sombras me rodeando me perguntei ‘’De onde vem tudo isso?’’... De onde mais viria? Do mundo é claro... Nunca parei para pensar em que espíritos existiam, nunca parei para pensar alem da realidade que todos nós podemos ver... Mas naquele momento, naquela situação, percebi que nunca acreditei nessas coisas, porque eu tinha medo... Achava que se eu não acreditasse neles, eles não poderiam fazer algo contra mim, mas naquele momento... Qual seria o meu motivo para me manter cético? Nenhum... Apenas fui em direção a Alice e a perguntei o que estava acontecendo. Chorando Alice me responde que, eles estavam querendo vingança... Mas vingança de que? Eu não sabia naquele momento... Em um movimento de desespero segurei Alice nos meus braços e sai de minha casa correndo... No momento em que eu consegui sair de casa um grande rugido monstruoso, pode ser escutado saindo de dentro da casa... Ficamos na casa de um dos vizinhos... Ele me falou que o homem que morava na minha casa antes de mim, era um psicopata serial killer, e que teria matado varias pessoas com a ajuda de sua empregada, e só foi descoberto depois de matar a sua empregada, após um desentendimento e foi morto por um policial, após tentar matar o mesmo a facadas... No outro dia pesquisei a historia na internet e era realmente verdade... Bem, eu me mudei... E não vou voltar mais para aquela casa depois do que aconteceu... Espero que o novo dono tenha mais sorte

Gostaram? Comentem suas opiniões... E ate a próxima!! ~Luan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS