sexta-feira, 30 de agosto de 2013

5 mistérios que poderiam ser solucionados com uma máquina do tempo


O que não faltam neste mundo são mistérios ainda por explicar, como, por exemplo, estruturas milenares sobre as quais muito se especula e pouco se sabe, crimes que jamais foram solucionados e doenças mortais estranhas. Assim, imagine só se algum dia alguém inventasse uma máquina que nos permitisse voltar até determinados pontos da História!

Com uma engenhoca dessas, além de poder trazer para o futuro o conhecimento dos antigos, também poderíamos desvendar mistérios que vêm intrigando a humanidade há décadas, e até mesmo séculos. Pensando nessa questão, o pessoal do site io9 publicou um interessante artigo no qual lista algumas questões que jamais puderam ser explicadas claramente, as quais você pode conferir a seguir:

1. O que provocou o Sudor anglicus?


Conhecida como “Doença do Suor”, esta terrível praga atingiu a Europa, principalmente a Inglaterra, durante os séculos 15 e 16. As vítimas apresentavam sintomas que começavam com uma terrível sensação de medo e mau presságio. Após algumas horas, elas se tornavam febris e começavam a transpirar profusamente e, depois de um ou dois dias, acabavam morrendo.

Mais de três milhões de pessoas perderam suas vidas na época devido à doença, e até hoje ninguém sabe ao certo o que é que provocava a enfermidade nem como ela era transmitida. Especula-se que a Sudor anglicus era provocada por algum tipo de hantavírus, e a nossa máquina do tempo permitiria que cientistas voltassem no tempo para coletar amostras de sangue dos infectados para poder explicar o que é que ocasionava esse terrível mal.

2. Quem foi o autor do Manuscrito Voynich?


Apesar de toda a tecnologia que temos disponível hoje em dia, pouco se sabe sobre esse misterioso livro. Acredita-se que ele tenha cerca de 600 anos, e, quem quer que seja o autor, o escreveu em um código que jamais foi decifrado. O volume conta com 240 páginas repletas de ilustrações e textos e recebeu o nome “Voynich” devido ao livreiro que o comprou em 1912 na Itália.

Apesar de especialistas em criptografia de todo o mundo não terem conseguido quebrar o código do manuscrito ainda, análises atuais mostraram que os padrões internos do texto mostram ter consistência, e a datação por radiocarbono apontou que material que compõe o códice é do século 15. A máquina fantástica permitiria enviar historiadores de volta no tempo periodicamente para verificar os registros históricos e tentar pegar o autor no pulo!

3. Qual era a finalidade de Stonehenge?


Todo mundo conhece Stonehenge, o famoso círculo de rochas localizado na Inglaterra. Mas quem construiu esse misterioso monumento e para qual finalidade ele servia exatamente? Hoje sabemos que Stonehenge foi criado na Idade do Bronze, que conta com blocos que chegam a pesar 50 toneladas e a ter cinco metros de altura e que a estrutura é composta por círculos concêntricos de três períodos diferentes, compreendidos entre 3100 e 2075 a.C.

No entanto, se pudéssemos enviar arqueólogos e engenheiros através do tempo, além de desvendar o mistério sobre como e por quem esse incrível monumento foi construído, descobriríamos de uma vez por todas se ele foi concebido para fins astronômicos, religiosos ou mágicos.

4. O que Rongorongo significa?


O Rongorongo é um sistema de hieróglifos encontrados em peças de argila na Ilha de Páscoa. Os objetos foram descobertos no século 19 e despertaram a curiosidade dos pesquisadores porque não existem evidências de que a antiga população, os Rapa Nui, tivesse desenvolvido qualquer tipo de linguagem escrita. Assim, ninguém sabe o que os desenhos significam, nem mesmo se realmente se trata de algum tipo de alfabeto.

O sistema de escrita atual é baseado no alfabeto latino, que foi imposto pelos missionários e colonizadores que chegaram à Ilha de Páscoa e alfabetizaram o povo de lá. Assim, para decifrar quais são as mensagens misteriosas escritas nessas curiosas tábuas de argila, poderíamos enviar linguistas ao passado para aprender o código utilizado.

5. Quem foi Jack, o Estripador?


Embora este não possa ser considerado como mistério científico propriamente dito, imagine só se pudéssemos enviar uma equipe de “CSI” para investigar e até descobrir a identidade de um dos assassinos em série mais famosos da História. Jack, o Estripador, aterrorizou o distrito de Whitechapel, em Londres, no final do século 19, e tinha como vítimas mulheres que se prostituíam para ganhar a vida.

Os suspeitos vão desde membros da realeza britânica até fugitivos norte-americanos, e, mesmo depois de décadas de investigações, ninguém sabe quem cometeu os assassinatos. É claro que nem sempre é possível desvendar crimes, mesmo nos dias de hoje, mas seria interessante poder voltar no tempo e empregar toda a tecnologia de vigilância e técnicas forenses das quais dispomos na atualidade, não acha?

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/

Um comentário:

  1. Boa Noite! Te adicionei como parceiro do "Conteúdo Perverso" Se aceitar a parceria os banners estão aqui --> http://conteudoperverso.blogspot.com.br/p/parceria.html

    ResponderExcluir

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS