sábado, 15 de junho de 2013

A Cripta dos Vampiros – Parte 09

Linhagens, Anciões, Elders.
Mas, afinal, o que é tudo isso?
Veremos uma breve explicação agora...


Linhagens, Anciões, Elders. O Que São Eles?...

Vimos anteriormente algo sobre linhagens, Anciões, Elders, entre outros termos. Vamos ver agora o que aproximadamente são e o que representam alguns desses termos.

Linhagens Vampíricas

As linhagens são como as nossas raças (branca, negra...) e, como nós, apresentam características distintas e específicas, desde sua aparência até seus dons sobrenaturais. Existem linhagens que são considerados líderes (como Armand, em Entrevista Com o Vampiro), outras meio malucas (Santiago, no mesmo filme), animalescas (Valek, em Vampiros de John Carpenter). Há também, dependendo de sua linhagem, Vampiros belos e sedutores (Lestat e Louis, em Entrevista Com o Vampiro) e Vampiros horríveis e degenerados (Nosferatu, de 1922).

Quem também não se lembra de Drácula de Bram Stoker, onde o Vampiro é, ao mesmo tempo, belo e sedutor e com uma forma aterrorizante. Vale ressaltar também, no mesmo filme, Drácula usa seus dons em determinados momentos, como quando se transforma em névoa ao entrar na cela de Relfield, em diversos ratos quando encurralado pelos caçadores, onde também mostra sua forma real. E também quando assume a temida forma Crinos de Lobisomem (veremos sobre Lobisomens em outra postagem), quando ataca Luci nos jardins de sua mansão, além de controlar o clima. Enfim, temos diversas linhagens vampíricas, cada uma com suas características e dons distintos.

Anciões, Elders, o Que São Eles?....

Desde os Vampiros mais jovens até os mais antigos, há uma certa, digamos, classificação entre eles. Do mesmo jeito que nós somos bebês, crianças, adolescentes, adultos, e assim por diante, os Vampiros também são da mesma forma. 
Vamos ver alguns termos:

Crianças da Noite

São Vampiros recém-criados, que ainda estão sob a tutela e a proteção do seu Senhor, o Vampiro que os criou. Eles ainda não são considerados como Membros da Família e freqüentemente são tratados sem o menor respeito ou como simples propriedade do Senhor. Quando seu Senhor decide que sua criança da noite está pronta, ela pode tornar-se um Neófito, de acordo com a aprovação do príncipe.

Neófitos

Varia de Vampiros novos, recentemente liberados, até Vampiros negligentes de mais ou menos 100 anos.
Marcados pelo estigma de ainda não terem provado a sua capacidade aos Anciões, os Neófitos são Vampiros inexperientes que talvez, no futuro possam ser alguém, mas que, provavelmente, tombarão como peões nas tramas dos outros mortos-vivos.

Elders

Vampiros relativamente jovens (entre 100 e 200 anos de vida vampírica) que provaram seu valor. Os Elders são lacaios para os Vampiros mais poderosos, mas serão também os futuros Anciões (se tiverem astúcia e sorte). Os Elders estão entre os Neófitos e os Anciões, o que significa que o Vampiro possui respeito e poder crescentes, mas ainda lhe falta idade e experiência para se tornar um verdadeiro mestre.
Devido ao fato da população vampírica ter crescido muito nos últimos dois séculos, a grande maioria dos Vampiros é formada por Elders ou Neófitos.

Anciões

Vampiros que têm centenas de anos. Com séculos de astúcia acumulada e uma terrível sede de poder, os Vampiros Anciões são fisicamente mais ativos, eles não sofrem os longos ataques de torpor (sono vampírico, que pode durar séculos) dos Matusaléns e dos Antediluvianos, mas também não possuem os poderes limitados e a facilidade de serem manipulados dos Vampiros mais jovens. Os Anciões mantêm um controle rígido sobre a estrutura de poder dos Vampiros, impedindo os mais jovens de atingirem posições de influência, exercendo o controle que têm mantido por décadas, senão séculos.

Matusaléns

Se os Antediluvianos são os Deuses dos Vampiros, os terríveis Matusaléns são Semi-Deuses e Avatares.
Em algum ponto entre 1000 e 2000 anos de idade, o Vampiro passa por uma profunda transformação. Às vezes a mudança é física, outras vezes é mental ou emocional. Qualquer que seja a natureza desta mudança, o resultado final é que o Vampiro não retém mais qualquer sinal de humanidade.

Tendo realmente passado do estado terreno para o domínio do sobrenatural, os Matusaléns freqüentemente se escondem em seus refúgios, onde podem dormir longe dos sedentos caninos dos Vampiros mais jovens.
No entanto, seus poderes são tão grandes que continuam a dirigir seus indescritíveis planos apenas mentalmente, comunicando-se mágica ou telepaticamente (e quase sempre de forma imperceptível) com seus lacaios.

Os Vampiros temem os Matusaléns, a quem é creditada uma série de horrendas características. Alguns rumores dizem que sua pele se transformou em pedra, outros falam de coisas que vão desde horrorosos desfiguramentos a belezas sobrenaturais, às quais não se pode contemplar. Acredita-se que alguns deles só se alimentam do sangue de vampiros, enquanto outros controlam o destino de nações inteiras de dentro de seus frios túmulos.

Antediluvianos

Estes Vampiros, se é que eles existem, são provavelmente as criaturas mais poderosas do mundo. Os Antediluvianos estão apenas dois passos abaixo do Primeiro Vampiro, Caim. Quando os Antediluvianos escolhem se levantar de seu longo sono, afetam todos com os quais entram em contato. De acordo com os relatos esparsos de seus feitos, eles possuem poderes praticamente divinos. De acordo com as lendas, existiam originalmente 13 Antediluvianos, embora se acredite que alguns tenham sido destruídos. Sua luta eterna afeta todos os Vampiros e suas inúmeras formas de manipulações e trapaças tornam as tramas desses Anciões quase imperceptíveis.

Continua...

Walacionil Wosch

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS