domingo, 23 de junho de 2013

A Maldição do Lobisomem – Parte 02


“Houve trovão
Houve relâmpago
Então, as estrelas foram embora
E a lua caiu do céu”

Ninguém sabe ao certo a origem do Lobisomem. Há relatos de que suas origens se encontram na mitologia grega, outros dizem que sua história se desenvolveu na Europa, enquanto alguns dizer ter surgido nos Estados Unidos, na Inglaterra, e por aí vai. Mas uma coisa é certa: eles correm pelas matas desde os primórdios. Relatos e descobrimentos em cavernas mostram desenhos de aldeões pré-históricos enfrentando um ser monstruoso, aparentando metade homem e metade lobo. O fato é que o Lobisomem não é apenas uma criatura deformada que corre de quatro e uiva para a lua. Eles são uma força da natureza, criados para, embora muitas histórias digam o contrário, defender as matas dos predadores humanos.

Dizem antigas lendas e tradições que, quando os chamados “humanos” começaram a se organizar em Tribos, começaram a minas as forças da Mãe Terra. Queimadas, destruições e todo tipo de coisas ruins começaram a minar suas forças. Então, quando a Mãe Terra estava prestes a entregar suas forças, deu seu último grito de desespero na forma de um gigantesco vulcão. Assim, entre meio ao caos já generalizado, surge a mais espetacular das criaturas em prol de sua defesa: o Lobisomem.

Com a ajuda dessa criatura, a Mãe Terra conseguiu, aos poucos, se livrar das ameaças constantes e restabelecer suas já quase exauridas energias. Terminado o caos constante que perseguia a Mãe Terra há vários séculos, essa criatura fantástica, acompanhadas de outras já criadas e formando uma poderosa matilha, uivaram para a lua cheia e não mais foram vistos. Mas, quando a Mãe Terra sofria algum tipo de ameaça, eles sempre voltavam para defendê-la de seus inimigos e algozes.

Isso acontece até os dias de hoje, embora ninguém mais acredite. Claro que, levando em conta, isso até ajuda os Lobisomens a agir escondido e nunca serem descobertos. Mas eles sempre estão vigiando e protegendo a Mãe Terra, inclusive as matas, da investida dos humanos e preservando sua vida.

Quantos relatos vocês já viram sobre pessoas ou grupo de caçadores que desaparecem nas matas e nunca mais são vistos? 

Vocês que moram próximo a florestas e matas, nunca viram ou ouviram algo estranho e ignoraram, pensando ser fruto da imaginação?

Pois é. Mas as coisas nem sempre são o que parecem...

Seu próprio vizinho ou amigo pode ser um Lobisomem e você nem faz idéia. Um simples lobo pode ser um deles, e você também pode nem perceber. Aquele uivo que você ouve à noite e pensa apenas ser um cachorro, quem te garante que não seja um Lobisomem reunindo os seus semelhantes para combater alguma coisa?

Durante a série, vamos tentar desvendar um pouco mais sobre essas magníficas criaturas, sua organização, seus dons sobrenaturais, suas forças e fraquezas. Espero que gostem, e lembrem-se novamente:

NÃO TEMAM APENAS A LUA CHEIA...


Continua...

Walacionil Wosch

3 comentários:

  1. um tempo atrás acordei assustada por volta das 2 e tantas da madrugada com varios latidos e uivos, parecia uma briga séria de cachorros. Eu fui até a sala olhar pela janela, mas antes disso, avistei minha gatinha e seus filhotinhos. Eu tinha deixados eles na sala frente pra porta. Essa minha gata tava tão assustada q nem mexia os olhos mirando a porta. Eu sei q os latidos ficaram piores e eu mais assustada, quando de repente vi uma sombra do lado de fora se aproximando da porta. Eu ouvi uns arranhados na parede e uma sombra de uma garra enorme por baixo da porta. Aquela coisa começou a arranhar ali, como se quizesse fazer um buraco. Eu, com o medo q tava, fui devagarzinho, peguei a gata e os gatinhos e corrir pro quarto, debaixo das cobertas pra ser mais exata. No outro dia fui olhar o q houve lá fora e me deparei com alguns arranhões na parede, alguns pingus de sangue e do lado da casa uma poça enorme de sangue coagulado. Eu não sei se aquilo foi um lobisomem ou um cachorro, mas foi real e eu fiquei apavorada. E pra teminar eu ainda fui perguntar pros vizinhos se eles tinham ouvido ou visto alguma coisa na madrugada e todos não sabiam de nada, até q uma senhora me disse q viu sim, mas não foram lobos nem cachorros e sim uma mulher de preto arrastando um caixão.

    ResponderExcluir
  2. ps: perdão por ter usado "porta" tantas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VIXI. Que coisa, não? Como eu sempre digo. ESSAS COISAS EXISTEM. Só que, hoje em dia, um Vampiro ou Lobisomem pode aparecer em frente as telas da TV e, mesmo assim, ninguém vai acreditar que existem....
      Beijos e valeu pelo comentário...

      Excluir

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS