segunda-feira, 11 de março de 2013

Parágrafo Proibido

Você tem que confiar em mim. Eu tenho um conselho e você deve segui-lo sem questionar. você tem que parar de ler esse texto e pular para o último parágrafo. Faça isso sem ler nenhum parágrafo, e faça isso agora. Por favor…confie em mim.

O que acontece a seguir é inteiramente culpa sua. Você falhou no teste e agora você está em perigo. Eu não escrevi isso. Eles me fizeram escrever. São meus dedos no teclado, e seus olhos nessas palavras. Aconteça o que acontecer, não desvie os olhos dessas palavras. Continue lendo até que eu diga que você pode parar. E quando eu disser para você parar, faça exatamente o que eu digo. Se você não ler isso exatamente como eu orientei, você vai morrer. Preste atenção. Primeiro, você precisa pular o próximo parágrafo. Faça qualquer coisa, mas não leia o parágrafo seguinte. Você precisa ignorá-lo, passar direto para o parágrafo posterior. Prometa. Prometa pelas pessoas que você ama. Essa é a única chance de se redimir por não ter confiado em mim antes. Não leia o próximo parágrafo.

Parágrafo proibido: Você tinha que fazer isso, não tinha? Eles sabiam que você faria. Nada que você fizer agora vai fazer diferença. Se há pessoas que você ama por perto, chame-as. Diga a elas o que se diz aos entes queridos antes de morrer. Resolva qualquer mal-entendido ou pendência. A partir desse momento, você só vai ficar vivo enquanto estiver acordado. O momento que você dormir vai ser seu último momento de vida. Eles estão observando você. Lendo seus pensamentos. Esperando por você. Quando você dormir, eles vão te buscar. Você deveria ter confiado em mim...

Se você pulou o parágrafo acima, fez bem. Mas seus problemas não acabaram. Por confiar em mim na segunda tentativa, você ganhou uma chance de viver. É o que você precisa saber. Eles estão observando você. Ouvindo seus pensamentos. Esperando você cometer um erro. Quando você cometer, eles virão buscá-lo. Para ficar vivo você precisa derramar sangue. Hoje, amanhã, todo dia. Você precisa derramar sangue de alguém que você ama. Uma gota apenas, na sua língua. É tudo o que eles querem. Eles estão dentro de você, agora. E eles estão esperando. Se entre a hora de acordar e a hora de dormir não derramar sangue de quem ama, você nunca mais acordará. Siga esse conselho e nunca, nunca volte para ler o parágrafo proibido. Confie em mim.

Se você seguiu meu conselho no primeiro parágrafo, muito bem. Você pode parar de ler agora. Mas nunca, nunca se sinta tentado a voltar e ler os parágrafos que você pulou. Confie em mim. E por favor, me deseje sorte. Eu estou tão cansado. Você não faz ideia do quão cansado eu estou…


Fonte: http://dare-to-sleep.tumblr.com/

2 comentários:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS