quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Dama de Casamento Vestida de Preto


Patrícia era uma menina de sete anos que morava com sua mãe Sandra. Um certo dia, ela   foi convidada para ser dama de casamento da melhor amiga da sua mãe.  Então a costureira Lilith fez um lindo vestido branco para esta garota  que ficou pronto um mês antes da cerimônia.

Acontece que, uma noite antes do casamento, ladrões entraram na casa de Sandra. Os bandidos levaram dinheiro, jóias, eletrodomésticos e o vestido de dama de Patrícia. Então a mãe da criança  pensou: Onde arrumarei um vestido de dama neste horário?! Assim Sandra ligou para a costureira que disse que não tinha nenhum outro vestido de dama de casamento para vender. Mas que possuía um vestido infantil na cor preta que era divino. Deste jeito  Sandra foi com sua filha ver a peça e exclamou:

"Este vestido é  realmente maravilhoso! Ele é comprido rodado têm bordados e lacinhos! Até parece um vestido de dama de casamento! Mas ele tem um problema: é da cor preta."

A costureira deu um jeito de convencer a mulher de que a cor do vestido não seria um problema, argumentando que a nuance preta  é considerada a cor mais chique por muitos consultores de moda. No dia seguinte, duas horas antes do casamento, Patrícia já estava pronta com o seu vestido negro. Então sua mãe falou:

"Eu precisarei entrar na igreja depois de você. Por isto, contratei uma van para levá-la antes de mim até a igreja. Quando você escutar uma buzina vá até a janela e veja se é este veículo. Se for embarque logo."

Após isto Sandra foi se arrumar. Então, de repente, a menina ouviu uma buzina e entrou dentro do automóvel. Quando entrou no veículo a menina viu uma idosa com cara de bruxa e um rapaz muito branco todo vestido de preto. Assim a senhora falou:

"Levaremos você até um templo de que você nunca se esquecerá!"

Desta forma  o casal levou a garota para uma igreja estranha no meio do mato onde havia uma cruz de ponta-cabeça no altar e sete pessoas encapuzadas. O problema é que não se tratava de uma igreja e sim de uma seita satânica. Assim estas pessoas mataram a pobre menina num ritual macabro.

Uma hora depois, Sandra entrou na igreja e esperou a noiva. A marcha nupcial tocou. A mulher viu sua filha Patrícia entrar no templo e se emocionou. Porém, na hora em que o padre falou:

"Pode beijar a noiva!"

A dama de cerimônia desapareceu como uma fumaça de dentro da igreja. Todos ficaram assustados e Sandra começou a chorar. Uma semana depois o corpo de uma criança morta foi achada em um terreno baldio. Peritos confirmaram que se tratava de Patrícia.

Reza a lenda que se num casamento aparecer uma dama de cerimônia vestida de preto do nada é o espírito de Patrícia anunciando que o casamento será uma união infeliz.

Fonte: http://textolivre.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS