quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Miles

Sim, Oficial, eu admito que bati no Sr. Whitmore. Bati nele bem na cabeça com o candelabro de prata que herdei de minha mãe.
 
Não, é claro que eu não queria matá-lo! Isso foi um acidente lamentável, e eu sinto muito... - Pobre Sra.

Whitmore... Mas o que eu deveria fazer? Ele invadiu minha casa e queria levar Miles para longe de mim!
 
Quem é o Miles? Bem, Miles é o meu gato. Um gato de persa branco, de 10 anos de idade com maravilhosos olhos azuis. Um amigo deu ele pra mim depois que meu marido faleceu. Ele era apenas um gatinho, então, devo dizer que cuidar dele era a única coisa que me manteve viva durante os tempos difíceis.
 
Sim, foi como eu disse. Sr. Whitmore queria levar Miles embora, e é por isso que eu bati nele com o candelabro. Eu não podia permitir que ele levasse Miles embora, poderia? Eu sou uma mulher de idade, Oficial, e Miles é o meu único amigo.
 
Bem, eu não posso dizer por que o Sr. Whitmore queria fazer isso. Quem pode dizer o que estava acontecendo na mente do pobre homem? Além disso, eu não acho que devemos dizer coisas ruins sobre os mortos...isso não é certo, você não concorda?
 
Sim, Oficial, eu entendo que você precisa saber o que realmente aconteceu. Mas mesmo assim, Não creio que...
 
Muito bem, então. Já que você está insistindo tanto, eu vou lhe dizer o seguinte: eu não posso dizer com certeza o que o Sr. Whitmore iria fazer com Miles se ele tivesse o levado de mim, mas eu tenho certeza que eu não iria ver Miles novamente.

Por que estou dizendo isso? Porque o Sr. Whitmore odiava Miles. Ele sempre odiou.

Não, eu não sei por quê! Quer dizer, eu posso entender quando alguém diz que prefere um cão em vez de um gato, porque isso é uma questão de preferência pessoal, e embora eu acho que um gato vale por uma dúzia de cães, eu posso entender isso. Mas esse não era o caso do Sr. Whitmore. Não que ele não gostasse de gatos, ele realmente não gostava de Miles.

Incidentes anteriores? Bem, eu não os chamaria de incidentes, mas, sim, houve algumas situações embaraçosas antes. Desde Miles era um gatinho, o Sr. Whitmore sempre reclamou dele. Ele culpava Miles por tudo de errado que acontecia. Lembro-me de uma vez, quando ele encontrou um rato morto em sua porta da frente e insistiu que tinha sido Miles que tinha colocado lá. Bobagem! Poderia ter sido qualquer gato. Mas ele estava certo de que tinha sido Miles. Ele estava tão irritado que eu até fiquei preocupada que ele tivesse um ataque... Todo o seu rosto ficou vermelho. Ele ainda gritou comigo! Também me lembro de outra vez...

Claro, Oficial, vamos nos concentrar nessas últimas semanas. Peço desculpas por vaguear muito, mas a minha mente não é o que costumava ser mais. É a idade, você sabe? As células cerebrais começam a morrer. Eu sei porque eu assisti a um programa de TV sobre isso no Discovery Channel, e eles explicaram tudo... mas aqui vou eu de novo. Sinto muito. Você queria saber sobre essas últimas semanas, é isso?
 
Algum incidente recente? Bem, agora que você mencionou...sim, houve um. Sr. Whitmore reclamou de um cheiro ruim. Ele disse que podia sentir isso de dentro de seu apartamento e, claro, ele culpou Miles por isso.
 
Quando? Vamos ver...eu acho que foi cerca de dez dias atrás.
 
O que eu fiz? Bem, nada. Eu só ignorei, como sempre faço. O que mais devo fazer? Eu sei que Miles fede um pouco, mas eu não me importo. Ele é meu amigo, certo? Além disso, não era da conta do Sr. Whitmore.
 
O que aconteceu então? Bem, como os dias passaram, o Sr. Whitmore não deixava isso passar. Em vez disso, ele reclamou mais e mais. Ele disse que o fedor foi piorando, e que ele podia sentir o cheiro vindo do meu apartamento. Ele disse que era insuportável, e ele tinha certeza de que estava vindo de Miles! Ele disse que se eu não me livrasse do fedor, ele iria fazer isso por si próprio. 
 
Quando foi isso? Você quer dizer a data exata? Acho que foi há dois dias.

Sim, essa foi a última vez que eu o vi antes desta manhã, quando ele entrou no meu apartamento.
 
O que aconteceu? Foi muito estranho. Eu ouvi uma batida na porta, e eu abri. Então o Sr. Whitmore empurrou-me para o lado e entrou em meu apartamento. O homem parecia possuído!
 
Não, ele não disse nada, mas eu sabia que ele estava lá para tirar Miles de mim Eu pude ver isso em seus olhos. É por isso que eu peguei o candelabro e o acertei. Eu não podia permitir isso. Eu não podia deixá-lo tirar Miles de mim. Miles é o meu melhor amigo, meu único amigo. Sr. Whitmore não poderia ter entendido?        
 
Eu não tenho mais ninguém no mundo, apenas Miles. Ele é meu gato e eu o amo! E se ele jogou um rato morto na porta do homem? Eu não me importo. E se ele cheira mal? Eu não me importo tanto. E eu aposto que o Sr. Whitmore cheiraria muito pior do que Miles se ele também estivesse morto há duas semanas...


4 comentários:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS