segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Sozinho...

Provavelmente esta escuro, você está sozinho, tudo parece calmo, ouve-se apenas o som que você faz a tocar as teclas do teclado do computador e o cricrilar dos grilos lá fora, uma noite tranquila e serena…

Até você ouvir passos na grama lá fora… Seu corpo estremece, você não sabe o que fazer, olha em volta e percebe que a janela está aberta, apavorado você levanta e corre para o interruptor, ao ascender a luz você vê alguém lhe encarando pela janela, mas apenas de relance por que a lampada acaba de estourar.

Você grita como uma garotinha ao se perder dos pais.

A porta da frente abre-se com um forte estrondo, tudo parece estar em câmera lenta, seu cérebro não esta funcionando coerentemente, você escuta passos de alguém vindo em sua direção, você sobe na cama, fecha os olhos e se encolhe contra a parede.

Sua pele esfria ao sentir que algo tocou seus pés, vagarosamente o frio junto do toque vai subindo por suas pernas, coxas, quadril, toma conta de suas costas, braços, pescoço…

Seu corpo esta gelado, você sente alguém assoprar suas pálpebras e acaba por abrir os olhos, o ar lhe falha nos pulmões, você sente estar morrendo, e aquela coisa flutuando sobre você esta a sorrir, ela sabe o que esta por vir, ela quer isto, ela planejou isso.

Ela abre a boca e balbucia algo vagarosamente:

- FAZ MUITO TEMPO QUE EU JÁ OBSERVAVA VOCÊ.


Crédito: Huning

Fonte: http://terrorameianoite.tumblr.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS