sábado, 8 de dezembro de 2012

Ligue-me amanhã, ok?


Não há mensagens no meu celular.

Suponho que ele não me ligaria depois de tudo. Não posso culpá-lo, talvez eu tenha me excedido noite passada. Eu o tinha notado antes que ele me percebesse. Seu cabelo preto brilhante e lindos e pouco naturais olhos azuis. Certamente eu não era a única a observá-lo. Seus movimentos eram elegantes, mas de uma forma bem masculina. E o seu sorriso, ah... O seu sorriso!

Eu morreria por aquele sorriso.

Ainda não há mensagens ...

Pensei em ligar para ele, talvez se desculpar por ser tão "rude" na noite passada. Sou covarde, eu sei, mas não me atrevo a discar o seu número. Além disso, ele prometeu entrar em contato comigo quando estiver pronto.

Então espero, pacientemente.

Eu sei que eu poderia passar casualmente por sua casa. Só para ver se ele está lá. Talvez tenha saído. Isso explicaria por que você não pôde me ligar ainda. Ele mora apenas à meia hora daqui. É tímido e tem medo de me ligar... Bobo, vou ter que ir até ele para lhe dizer que não tem que ter medo. Não me importo se ele precisar de tempo.

Ele mora em um lugar muito remoto nos arredores da cidade. Eu posso ouvir as ovelhas nos estábulos, quando me aproximo. Meus coração dispara quando vejo luzes brilhando dentro da casa. Ele deve estar lá, ele me disse que seus pais estariam fora no fim de semana. Eles deixou cuidando de ovelhas estes dias.  Coitado deve estar trabalhando duro. Provavelmente está ocupado demais para ligar. Tenho que ficar aqui até que os pais dele regressem e o ajudem a cuidar das ovelhas.

Bati na porta, mas ele não responde. Deve estar dormindo. Pensar em seu belo rosto agraciado pelo sono, me faz sorrir. Tento abrir a porta, está aberta... Raramente há crimes por aqui, então acho que por isso não trancaram a porta. Entro silenciosamente na casa. Quero surpreendê-lo! Ando devagar devido ao rangido do assoalho de madeira, subo as escadas devagar. Finalmente chego ao quarto dele e, cuidadosamente, abro a porta.

Alí está, como eu imaginava. Acendo a luz de sua mesa para ver seu rosto. Seus belos olhos azuis estão abertos, olhando para o vazio, e todo o seu rosto está coberto de sangue. A pele do seu rosto foi completamente removida, e está pendurada juntamente com a cabeça. Não tem unhas nas mãos, que estão cuidadosamente dispostas na cama. Em seu peito há uma mensagem gravada em sua pele.

Eu leio, com minhas mãos cobrindo minha boca: "Porque não me ligou?"

Ele está exatamente como eu deixei ontem. Deve ter ficado tão cansado que dormiu o dia todo.

"Que lindo! Como é bonito!"

Gentilmente, dou-lhe um beijo na testa, tomando cuidado para não acordá-lo. Depois escrevo outra mensagem abaixo da que já está em seu peito: "Estarei aqui quando precisar de mim."

Saio do quarto, me dirijo para fora. Acho que é hora das ovelhas dormirem também.

E amanhã, vou conhecer seus pais. Tenho certeza de que eles me amarão também!

Tradução: Ladydias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS