terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Inveja dos Vivos


Se estiver ouvindo música, desligue. Deixe apenas o barulho do pc ou laptop. Feche a porta do quarto, feche cortina. Depois repare na porta do quarto novamente.

Dizem que entidades aparecem com mais frequência nos cômodos da casa nos momentos que ninguém está observando, como à noite, na sala. Eles se sentem mais à vontade. Por curiosidade, “eles” ficam nos observando dormir, imaginando o que se passa em nossos sonhos, vigiando-nos. Na verdade deve ser bem interessante, imaginem se não seria legal você conseguir não fazer nenhum barulho e poder visitar pessoas que você conhece, ou pessoas que você conheceu anos atrás.

“Eles” estão à nossa volta. Eles podem estar atrás da porta. Às vezes ouvimos barulhos estranhos, mas sabemos que entidades não movem as coisas assim, do nada, facilmente. Mas eles provavelmente estarão atrás da porta, ou na janela, ou em algum cantinho atrás de você. E vão se assustar caso você faça movimentos bruscos, tentarão se esconder a tempo.

Portanto, não faça movimentos bruscos. Movimente-se de forma a “avisar” a eles. Pois eles gostam de te observar, estão aí te velando enquanto você dorme. E são almas atormentadas, eles desejam o que você tem. Como você sabe, a inveja traz mau-olhado, e nem sempre o grande problema é a inveja dos vivos, e sim daqueles vagantes que estão aí, nos cômodos vazios da sua casa.

Agora lembre-se, você está há muitas horas sem beber água. Vá até a cozinha buscar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS