sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Arrependimento


Numa noite, um homem estava atravessando uma floresta, onde há muitos anos atrás, havia muitos casos de suicídios. A floresta era tão grande que poucos restos mortais foram encontrados. O homem estava em seu carro, e com um pouco de medo, porque sabia da fama daquela floresta.

"Meu Deus, não é de admirar que tenham vindo aqui para cometer suicídios, este lugar é mais isolado do que ... eh, o que é isso?"

Ele percebeu que havia alguma coisa na estrada e quando chegou perto viu um casal deitado no chão. A menina não se mexia, mas o menino acenanou e pediu ajuda.

O homem saiu e perguntou: "Qual é o problema, o que fazem em um lugar como esse?"

"...Viemos aqui para nos matar... Queriamos nos casar, mas nossos pais não aprovaram... E por isso viemos aqui, mas estou arrependido, por favor, nos leve a um hospital... "


O homem levou a garota para o carro, ela não estava se movendo e ajudou o menino a levantar-se. Ele correu tudo que podia para chegar ao hospital mais próximo, depois de um tempo ele ouviu a voz do menino. "Está longe do hospital?... Por favor, depressa ..."

Enfim, chegaram ao hospital: "Ajudem, por favor, esses jovens não estão bem! Acho que é grave..." O homem explicou tudo o que aconteceu enquanto mostrava os dois jovens dentro de seu veículo. Parecia que o menino estava inconsciente.

O homem teve que esperar um tempo até que o médico que examinasse os dois. "Doutor, como eles estão? Vão ficar bem?"

"Sente-se ... Vamos ver, você disse que os encontrou na floresta, certo?"

"Sim", disse o homem,

"Faz quanto tempo?", o médico perguntou preocupado.

"Acho que uma hora ou mais..."

"E voce disse que conversou com o garoto?..."

"Sim, a menina estava inconsciente, mas o garoto me disse o que aconteceu e por todo o caminho estava me dizendo para correr e para ir mais rápido." Disse o homem.

"É que... Bom... é muito estranho... Examinei os dois estão mortos a pelo menos 5 horas..."

Um comentário:

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS