quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A Estátua do Palhaço


Era noite de Halloween e um jovem casal foi convidado para a festa de Halloween. Eles contrataram um jovem adolescente chamada Maria, a babá do seu bebê de oito meses de idade. Era cerca de 9:30 horas quando o casal deixou a casa. Por volta das 10:30, o bebê adormeceu. Depois que Maria colocou o bebé no berço, ela saiu para ir deitar-se no quarto do casal para assistir TV, porque eles tinham uma tela de plasma em sua sala.

Depois que começou a assistir TV, ela notou uma estátua em tamanho real de palhaço no canto, então pegou um lençol do armário e cobriu-o. Ela saiu para ir se deitar novamente, sentindo-se parcialmente aliviada. Uma hora depois, ela adormeceu, alguns minutos depois ouviu um "baque". Ela pensou que era apenas algo que havia caído de uma prateleira no armário. Ela estava tão cansada que ela apenas ignorou e voltou a dormir.

Em seguida, o telefone tocou lá embaixo. Ela saiu para ir atendê-lo e tudo o que ela ouvia era a respiração pesada, então desligou o telefone, pensando que era apenas uma brincadeira de alguns de seus amigos. Quando ela se virou para voltar lá em cima, ele tocou de novo. Desta vez, ela respondeu: "É melhor vocês pararem com isso!" Depois disso ela ouviu uma voz dizer: "Estou mais perto do que você pensa", com uma voz estridente masculina.

Ela se assustou e correu para cima. Após 10 minutos se passarem, houve um outro "baque", mas era um pouco mais alto desta vez. Maria sabia que não vinha do armário. Então o telefone tocou denovo, então ela desceu as escadas rapidamente. Ela disse: "Por favor, me deixe em paz!" A voz masculina desconhecida disse sarcasticamente: "Ei, estou avisando a polícia".

Ela subiu correndo e se escondeu sob os cobertores. Após 20 minutos se passarem, ela ouviu mais um barulho alto. Ela estava tão assustada, mas ela era a babá, então tinha que se levantar e checar o bebê. Quando levantou viu um o palhaço com a cabeça cortada fora. Como os vizinhos ouviram os gritos, eles chamaram a polícia.

Quando a polícia chegou, ficou em silêncio. Eles não encontraram nada lá embaixo, então eles foram para cima. Eles observaram que todas as portas estavam abertas, exceto a do quarto principal. Os policiais ficaram surpresos quando encontraram um bebê e uma menina estrangulada, decapitados e amontoados no armário. Quando eles fecharam o armário, notaram uma cadeira ao lado de uma janela no canto da sala. Era tão escuro que não conseguiam ver muito bem, então acenderam as luzes e encontraram a cabeça de Maria na cadeira com uma faca ao lado dela, com uma nota dizendo:

"Eu avisei vocês - Assinado, Prisioneiro"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS