terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A Casa


Nunca gostei da “minha casa”, não tenho boas lembranças e mesmo que tivesse não faria diferença... A casa é herança de família, existe a mais de 50 anos e tem passado de geração em geração. Muita gente viveu e morreu ali.

Minhas experiências lá, tanto físicas quanto espirituais, não foram nada boas...

O ambiente é duplamente carregado, energias negativas pairam pelo ar e te sufocam se permanecer lá dentro por muito tempo.  Uma tristeza profunda te invade e você deseja morrer todos os dias.

Os espíritos malignos tentam te manipular e não te permite, nunca, se sentir bem, feliz... Se a manipulação não funcionar com você eles manipularão as pessoas em volta, farão com que você se torne uma pessoa sem estímulos, sem vontade de continuar.

Perdi as contas de quantas vezes vi vultos e ouvi vozes, eles querem que você acredite que está louca, porém a loucura não existe.  Quantas vezes acordei de madrugada por sentir estar sendo observada, quantas vezes tentaram fazer com que eu desistisse...

Eu sempre me perguntei o porquê de acontecer isso comigo. Porque só eu via “coisas” e porque tentavam tirar minha vida? O que eu fiz para causar tanta raiva neles?

Desde que me mudei pra lá só aconteceram coisas ruins, uma “tia” que nunca descobri o porquê me odiava, ameaçava me matar, me prendia dentro de casa, fazia intrigas...  Minha mãe que por algum motivo não consegue se desligar dessa maldita casa. Aquelas paredes sugam nossa energia, e caso um dia você entre lá terá certeza do que estou dizendo. Você começara a se sentir fraco sem motivo e logo vem um sono inexplicável.

Nunca vi a verdadeira forma das criaturas que habitam aquele espaço, sempre convivi com a presença deles, mas nunca soube o porque de  estarem ali e porque me faziam tanto mal. Só consegui me sentir melhor depois que sai de lá... Mas às vezes tenho que visitar minha mãe e a casa faz questão que eu perceba que nunca, por mais que eu esteja morando longe, vou conseguir me livrar daqueles seres das sombras e daquela sensação de que ela não vai me deixar ser completamente feliz.

Você deve estar pensando:  “Ainda bem que em minha casa não existe isso!”

Pois saiba que está tremendamente enganado. Todas as casas ganham almas quando pessoas morrem debaixo de seu teto, dentro de suas paredes.  Aquela pessoa que morreu ali há muitos anos atrás, as que morreram recentemente e as que vierem a morrer se tornarão parte de sua grande estrutura.

Cuidado! Caso você comece a ter pensamentos suicidas, tente afasta-los... Nem sempre os pensamentos são seus. Às vezes A Casa - e suas criaturas - conspira para que você se torne, logo, parte integrante dela.  E assim será condenado a passar a eternidade buscando mais almas para alimentar o monstro de tijolos.

Escrito por Ladydias

7 comentários:

  1. Nossa, adorei! Você tem dom pra escrever, porque não escreve mais? Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainnn obrigada Fernando Thiago :D

      As vezes falta inspiração xD, mas sempre que vêm aquela historia corro pra escrever :D

      Fico feliz que vc tenha gostado.

      Excluir
  2. Concordo com o colega acima...acho que vc escreve bem...deveria escrever mais!!!

    ResponderExcluir
  3. Mas sabem pq vcs gostaram tanto???

    Pq não é só uma creepy...

    ResponderExcluir

Sua alma está mesmo segura dentro de você?

SENSITIVOS